Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/04/2005 13:27

Conclave para escolha do papa começa no dia 18

O colégio de cardeais da Igreja Católica decidiu nesta quarta-feira (6) que o conclave para a escolha do sucessor de João Paulo 2º, morto no sábado, vai começar no dia próximo dia 18, uma segunda-feira, informou Joaquin Navarro-Valls, porta-voz do Vaticano.
O conclave terá regras de isolamento mais brandas e anunciará o eleito com sinos, e não apenas com fumaça, informou nesta terça-feira o arcebispo Piero Marini, mestre de cerimônias do Vaticano, de acordo com texto da agência de notícias Reuters.

\"Desta vez o isolamento será mais brando\", disse Marini a repórteres. \"Antes, os cardeais ficavam trancados, com as janelas fechadas, dividindo os banheiros. De certa forma era mais fácil, porque eles estavam todos trancafiados para tomar uma decisão, mas havia muitas dificuldades. Os pobres coitados não podiam sair\", disse ele.


O conclave foi adotado em 1241, após a morte de Gregório 9º, e a palavra significa \"com chave\" - os cardeais eram obrigados a permanecerem fechados até uma decisão final.

Segundo a Reuters, as mudanças no conclave foram definidas por João Paulo 2º. Haverá uma equipe de limpeza, e os cardeais poderão se movimentar pela Cidade do Vaticano e até passear pelos jardins.

Quando o novo papa for escolhido, o Vaticano não queimará apenas as cédulas, mas também fará soar os grandes sinos da basílica de São Pedro, para que não haja confusão entre a multidão e a mídia para decidir se a fumaça é branca ou preta. A fumaça preta indica uma votação frustrada, em que nenhum cardeal atingiu a maioria necessária.

De acordo com a norma estipulada por João Paulo 2º em 1996, o Santo Padre é definido com 2/3 dos votos mais um, até a 30ª votação. Depois disso, passa a valer a regra da maioria dos votos mais um.

Fila para ver o papa
As filas em direção à basílica de São Pedro, onde está sendo velado o corpo do papa, dobraram de tamanho nas últimas horas. Desde a noite de segunda-feira, ao menos 1,2 milhão de pessoas já passaram pela praça São Pedro.

A basílica fechou as portas aos peregrinos durante três horas na madrugada desta quarta, das 2h às 5h (horário local), para permitir os trabalhos de limpeza e manutenção.

\"Havia chegado quase às escadas da basílica quando as portas se fecharam. Por isso tive que esperar uma boa parte da noite diante das portas, mas valeu a pena\", explicou à AFP um italiano.

Em uma fila quilométrica, estão entrando na maior basílica da cristandade cerca de 300 pessoas por minuto, o que representa quase 20.000 por hora ou cerca de 400.000 por dia, segundo estimativas.

Em meio a fortes medidas de segurança, as pessoas que passam pela via da Conciliação, a avenida que une Roma ao Vaticano, somam-se a cada hora milhares de indivíduos recém-chegados de outras cidades italianas e do exterior.

Na zona, estão 3.000 policiais e carabineiros (polícia militarizada), enquanto em outras áreas da cidade, a segurança aumentou com mil de oficiais extras.

Na entrada da basílica, a vigilância foi reforçada com 120 policiais vestidos à paisana e que se revezam a cada seis horas para evitar incidentes entre a cansada multidão.

O velório público estará aberto até quinta-feira de noite, horas antes da missa funeral pelo Pontífice.

Funeral
O funeral está previsto para acontecer na sexta-feira (8), às 10h (5h de Brasília). O corpo será enterrado nas Grutas Vaticanas, a poucos metros do túmulo de são Pedro (o primeiro papa).

Pela primeira vez no enterro de um papa, o rosto de João Paulo 2º será coberto com um véu de seda branca, anunciou Marini.

A cerimônia de sepultamento será presidida pelo cardeal alemão Joseph Ratzinger, que foi um dos mais próximos colaboradores do papa, chefe da Congregação pela Doutrina da Fé e dignitário do Colégio de Cardeais.

Segurança especial
O funeral contará com a presença de cerca de 200 líderes mundiais. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva embarcará na quinta-feira para a cerimônia, junto com outras autoridades, como os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso e José Sarney.

Os ex-presidentes norte-americanos Bill Clinton e George Bush vão acompanhar a delegação do atual líder, George W. Bush. A secretária de Estado Condoleezza Rice também estará na comitiva.

Roma está montando um escudo de defesa que inclui uma zona de embargo aéreo e mísseis antiaéreos.

Operações para o controle de multidões já estão sendo realizadas - a cidade oferece barracas e áreas de camping para centenas de milhares de fiéis que chegam ali sem ter acomodações.


UOL

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)