Cassilândia, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/10/2005 17:02

Comissão levará situação de aftosa em MS para a Câmara

Inara Silva/Campo Grande News

Membros da Comissão de Agricultura da Câmara Federal passaram o dia hoje no município Eldorado, a 435 km de Campo Grande, onde há 15 dias foram registrados os primeiros focos de febre aftosa no Estado. Segundo o superintendente da Superintendência Federal de Agricultura, José Antônio Felício, que participou da reunião com os deputados federais tomaram conhecimento da situação no município e receberam as reclamações dos produtores rurais. Foram apresentados a situação do desemprego e o problema da produção que não pode sair dos municípios interditados.
O encontro, realizado no escritório da Agência de Defesa Sanitária, teve a presença de Ronaldo Caiado (PFL-GO) presidente da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados.
A aftosa registrada em Mato Grosso do Sul tem causado preocupação nos demais estados brasileiros. Até o momento, 43 países decretaram suspensão de importações de produtos do Brasil em função da doença. Há suspeitas de contaminação de animais também no Paraná, e o Estado de São Paulo já determinou exames em todos os animais trazidos do Paraná, desde 1º de outubro.
O deputado federal Murilo Zauith, presidente regional do PFL/MS e o deputado estadual José Teixeira (PFL), participaram da reuniãojunto com o secretário estadual de Produção Dagoberto Nogueira, o presidente da Iagro João Pará, os deputados federais Waldemir Moka (PMDB), João Grandão (PT) e Dilceu Sperafico (PP/PR) e os deputados estaduais Waldir Neves (PSDB), Pedro Teruel (PT) e Ari Rigo (PDT), além de prefeitos e produtores rurais da região.
Durante a mesa redonda onde foram debatidas as causas do surgimento dos focos de febre aftosa na região, Murilo Zauith voltou a criticar a falta de investimentos dos governos federal e estadual em sanidade animal. Ele lembrou que os produtores rurais são os mais prejudicados com a situação. O deputado estadual Zé Teixeira, também demonstrou preocupação com a situação dos produtores e com os prejuízos com os focos de febre aftosa. Ele também cobrou uma ação mais enérgica por parte das autoridades e a liberação de recursos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 02 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
Quinta, 01 de Dezembro de 2016
11:00
Mundo Fitness
10:00
Receita do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)