Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Últimas Notícias

24/10/2005 17:02

Comissão levará situação de aftosa em MS para a Câmara

Inara Silva/Campo Grande News

Membros da Comissão de Agricultura da Câmara Federal passaram o dia hoje no município Eldorado, a 435 km de Campo Grande, onde há 15 dias foram registrados os primeiros focos de febre aftosa no Estado. Segundo o superintendente da Superintendência Federal de Agricultura, José Antônio Felício, que participou da reunião com os deputados federais tomaram conhecimento da situação no município e receberam as reclamações dos produtores rurais. Foram apresentados a situação do desemprego e o problema da produção que não pode sair dos municípios interditados.
O encontro, realizado no escritório da Agência de Defesa Sanitária, teve a presença de Ronaldo Caiado (PFL-GO) presidente da Comissão de Agricultura da Câmara dos Deputados.
A aftosa registrada em Mato Grosso do Sul tem causado preocupação nos demais estados brasileiros. Até o momento, 43 países decretaram suspensão de importações de produtos do Brasil em função da doença. Há suspeitas de contaminação de animais também no Paraná, e o Estado de São Paulo já determinou exames em todos os animais trazidos do Paraná, desde 1º de outubro.
O deputado federal Murilo Zauith, presidente regional do PFL/MS e o deputado estadual José Teixeira (PFL), participaram da reuniãojunto com o secretário estadual de Produção Dagoberto Nogueira, o presidente da Iagro João Pará, os deputados federais Waldemir Moka (PMDB), João Grandão (PT) e Dilceu Sperafico (PP/PR) e os deputados estaduais Waldir Neves (PSDB), Pedro Teruel (PT) e Ari Rigo (PDT), além de prefeitos e produtores rurais da região.
Durante a mesa redonda onde foram debatidas as causas do surgimento dos focos de febre aftosa na região, Murilo Zauith voltou a criticar a falta de investimentos dos governos federal e estadual em sanidade animal. Ele lembrou que os produtores rurais são os mais prejudicados com a situação. O deputado estadual Zé Teixeira, também demonstrou preocupação com a situação dos produtores e com os prejuízos com os focos de febre aftosa. Ele também cobrou uma ação mais enérgica por parte das autoridades e a liberação de recursos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Novembro de 2017
Domingo, 19 de Novembro de 2017
11:00
Mundo Fitness
Sábado, 18 de Novembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)