Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

18/04/2017 18:00

Comissão aprova regras para empréstimos do BNDES a outros países

Agência Câmara

Texto aprovado permite que o BNDES realize operações de crédito apenas com países signatários das convenções da ONU sobre controle de drogas, contra o crime organizado transnacional, contra a corrupção e para a prevenção e a repressão do crime de genocídio 

A Comissão de Finanças e Tributação da Câmara dos Deputados aprovou proposta que cria regras para que países estrangeiros possam contrair empréstimo no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Foi aprovado um substitutivo do relator, deputado Andres Sanchez (PT-SP), para o Projeto de Lei 3466/15, de autoria do deputado Alexandre Baldy (PTN-GO).

Sanchez concordou com a necessidade de limitações de ordem ética ou moral para disciplinar a atuação do BNDES com outros países, mas considerou que alguns critérios descritos no projeto são “demasiadamente imprecisos”. Como exemplo, ele citou o dispositivo da proposta que impede o BNDES de firmar contrato de crédito com países “condescendentes com o tráfico de drogas, de armas ou de pessoas”.

“Como não existe definição amplamente aceita do que seja um país condescendente com o tráfico de drogas – para ficar apenas em um exemplo – um dispositivo como esse aumentaria a insegurança jurídica e o risco legal das operações de financiamento a exportações realizadas pelo BNDES”, argumentou Sanchez, ao propor um novo texto.

Pelo texto aprovado, o BNDES poderá realizar operações de crédito apenas com Estados estrangeiros que sejam signatários das convenções da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Controle de Drogas, contra o Crime Organizado Transnacional, contra a Corrupção e para a Prevenção e a Repressão do Crime de Genocídio.

O parecer de Sanchez também conclui que a proposta não implica aumento ou redução de receita ou despesa públicas.

Pelo texto aprovado, as operações poderão ser formalizadas no exterior, quando necessário, ficando o BNDES então autorizado a constituir subsidiárias em outros países e a aceitar as cláusulas usuais em contratos internacionais, entre elas a de arbitramento.

Tramitação
O projeto tem caráter conclusivo e será ainda analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

PL-3466/2015

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)