Cassilândia, Sexta-feira, 19 de Julho de 2019

Últimas Notícias

19/06/2019 08:40

Comemorado por produtores, Plano Safra terá R$ 225 bilhões e juros de até 8%

Campo Grande News

O presidente Jair Bolsonaro e a ministra Tereza Cristina (Agricultura) anunciaram nesta terça-feira (18), em Brasília, a liberação de R$ 225,59 bilhões em créditos para o Plano Safra 2019/2020 para pequenos, médios e grandes produtores rurais, nos setores empresarial e na agricultura familiar. Os números são semelhantes aos do ano passado, mas as sutis diferenças foram bem recebidas pelo setor agropecuário estadual –que vê a possibilidade de captação de recursos com juros mais baixos.

O Plano Safra corria risco de não sair do papel diante da falta de recursos. Porém, autorização do Congresso para que o governo federal emitisse títulos e obtivesse crédito extra. Os valores serão disponibilizados a partir de 1º de julho.

Dos R$ 225,59 bilhões, R$ 222,74 bilhões vão para o crédito rural –sendo R$ 169,3 bilhões para custeio, comercialização e industrialização e R$ 53,4 bilhões para investimentos. No ano passado, foram cerca de R$ 195 bilhões para a agricultura empresarial. Já o Pronaf (Programa Nacional da Agricultura Familiar) terá R$ 31,22 bilhões, volume parecido com o disponibilizado no ano passado.

Também foram reservados R$ 1 bilhão para subvenção ao seguro rural (mais que o dobro dos R$ 450 milhões oferecidos na safra anterior e que devem permitir a securitização de 15,6 milhões de hectares neste ano) e R$ 1,85 bilhão para apoio à comercialização.

As taxas de juro no Pronaf devem ficar entre 3% e 4,6% ao ano –o teto foi mantido, mas o percentual mínimo foi de 2,5% na safra passada, de acordo com dados divulgados pela CNA (Confederação Nacional da Agricultura). Já no Pronamp, focado em médios agricultores, os juros chegam a até 6% ao ano, e a 8% para os demais produtores. Para os programas de investimento, as taxas variam de 3% a 10,5% ao ano, conforme divulgou a Agência Brasil.

Oportunidade – Presidente do Sindicato Rural de Campo Grande, Rochedo e Corguinho, Alessandro Coelho considera que a taxa de 8% para o grande produtor, na verdade, é um sinal para que ele busque negociações diretamente com instituições financeiras, em busca de condições mais vantajosas. Já para o pequeno e médio, “a notícia é melhor, com taxas de juros atrativas e mais recursos disponíveis”, avaliou.

Coelho também comemorou a subvenção maior ao seguro rural. “O recurso é interessante para o produtor”.

Procurada, a Famasul (Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul) informou que seu corpo técnico analisa detalhes do anúncio antes de emitir uma posição oficial.

Em nota, a CNA (Confederação Nacional da Agricultura) avaliou que o conjunto de medidas beneficia a categoria e contempla vários pleitos apresentados. Entre eles, a recomposição do funding do crédito rural, a incorporação do segmento de pesca e aquicultura e a permissão para segmentar propriedades como garantia de financiamentos agropecuários.

“Hoje os produtores rurais que buscam um empréstimo de R$ 100 mil colocam em garantia um patrimônio de R$ 5 milhões, uma propriedade inteira. Agora ele destina apenas uma parte e deixa as outras para buscar novas fontes de crédito”, explicou o presidente da Faeg (Federação da Agricultura e Pecuária de Goiás) e da Comissão Nacional de Política Agrícola da CNA, José Mário Schreiner.

Roberto Simões, primeiro vice-presidente da CNA, destacou a possibilidade de emissão de títulos no exterior para captação de recursos internacionais para o agronegócio –permitindo quer a CPR (Cédula do Produtor Rural) seja emitida com correção cambial. O plano também ampliou em R$ 55 bilhões os recursos captados via LCA (Letras de Crédito Agrícola).

Pronaf – O Plano Safra deste ano também prevê algumas mudanças para a Agricultura Familiar. Pela primeira vez, os valores poderão ser aplicados na construção e reforma de moradias dos pequenos agricultores, no teto de R$ 500 milhões do total a ser financiado –o suficiente para construir 10 mil casas, segundo o Mapa.

O Seaf (Seguro da Agricultura Familiar) e o Proagro (Programa de Garantia da Atividade Agropecuária) terão R$ 13,4 bilhões para segurar 120 diferentes culturas. Em 2020, o apoio à comercialização via aquisição direta do produtor, contratos de opção de venda e subvenção de preços terão R$ 1,85 bilhão.

“Investir na agropecuária é uma aposta na interiorização do desenvolvimento, na geração de emprego e renda, na segurança alimentar, no superavit da nossa balança comercial, na nossa prosperidade como nação”, disse Tereza Cristina.

Foi a primeira vez que o anúncio dos recursos da agricultura comercial e familiar foram anunciados conjuntamente. “Depois de duas décadas de separação, a família agrícola brasileira está novamente reunida. Assim como eu, o presidente Bolsonaro tem a convicção de que todos são empreendedores e podem conviver em harmonia”, prosseguiu a ministra.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 19 de Julho de 2019
Quinta, 18 de Julho de 2019
10:00
Receita do Dia
09:00
Santo do Dia
Quarta, 17 de Julho de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)