Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

01/10/2013 22:26

Com gol no último minuto, Náutico vence a Ponte Preta

Vinicius Squinelo, Campo Grande News

Ponte Preta e Náutico quebraram o protocolo. Surpreenderam. Últimos colocados na tabela de classificação, as duas equipes fizeram o jogo chamado "lá e cá", cheio de alternativas, com gols e chances de "Inacreditável Futebol Clube" para os dois lados, com vitória do Náutico, de virada, aos 47 minutos do segundo tempo, por 2 a 1, no Moisés Lucarelli, nesta terça-feira.

Empurrada pela torcida e embalada pelos últimos resultados, a Macaca dominou a primeira etapa, criando diversas chances, principalmente pelos pés de Fellipe Bastos, Rildo e William. Exceto pela jogada individual do meia Tiago Real, aos 7 minutos, que exigiu boa defesa de Edson Bastos, a equipe campineira criou ao menos quatro chances claras, todas elas defendidas pelo arqueiro Ricardo Berna, que não resistiu à artilharia pesada. De tanto insistir, a Ponte abriu o placar aos 45 minutos.

Fellipe Bastos tocou na linha de fundo para Uendel que, com a cabeça erguida, cruzou para William. Principal jogador da Macaca no primeiro tempo, o camisa 9 se antecipou à marcação de João Filipe e, com um leve toque, tirou do alcance do goleiro do Timbu.

Atrás no marcador, o Náutico foi obrigado a adotar uma postura mais ofensiva na segunda etapa. Na base da pressão, o Timbu quase chegou ao empate com Oliveira, que aproveitou um passe errado de Baraka, mas chutou a bola por cima do gol.

Atendendo aos pedidos do técnico Jorginho, que reclamava do posicionamento excessivamente defensivo, a Macaca saiu em busca do segundo gol. Rildo teve chance, driblou um marcador, mas chutou por cima. William, sozinho, cabeceou para fora na cobrança de escanteio, aos 13, e chutou fraco aos 33.

Mais exposta, a Ponte deu espaços e o Náutico empatou. Maikon Leite, até então sumido na partida, fez a jogada pela direita e cruzou na área. Hugo, que tinha acabado de entrar, dominou e bateu rápido, sem dar tempo para os zagueiros travarem o chute, aos 33 minutos.

A Ponte, sem interesse no empate, adiantou ainda mais a sua marcação e, no primeiro Inacreditável Futebol Clube da noite, Hugo brilhou. Embaixo das traves, o atacante do Timbu, sem goleiro, chutou por cima do gol.

Mas ele não estava sozinho. Quatro minutos mais tarde, foi a vez de William, sem marcação, sem goleiro, desviar um cruzamento de canela, para fora.

A Ponte Preta pressionava. Foi à frente com todos os jogadores, na base do desespero, com a chance de fazer o segundo gol no lance de bola parada, dos pés de Fellipe Bastos. A bola não foi lançada na área. Elias recebeu na meia-lua, fez o giro e bateu forte, mas Berna fez a defesa. No rebote, Adaílton fez jogada pela esquerda e cruzou rasteiro. A bola atravessou a área praticamente em cima da linha e sobrou nos pés de Dadá, que puxou o contra-ataque.

Com a defesa desarrumada, Maikon Leite fez a jogada e tocou para Hugo, dentro da área. O atacante chutou, mas Edson Bastos fez a defesa. No rebote, Maikon Leite chutou forte, já aos 47 minutos, dando a vitória ao Timbu, que chegou aos 17 pontos. Com a derrota, a Ponte Preta segue com 22.

A Macaca volta a campo na próxima quinta-feira, às 19h30, no estádio Independência, em partida atrasada, da 8ª rodada. O Náutico, ainda na lanterna da competição, recebe o líder Cruzeiro, às 16h, na Arena Pernambuco, domingo.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)