Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

28/01/2016 14:38

Colheita da soja chega a 7%, mas chuva volta a atrapalhar produtores

Renata Volpe Haddad, Campo Grande News
Região Norte de MS tem 3% da soja colhida. (Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo)Região Norte de MS tem 3% da soja colhida. (Foto: Jonathan Campos/Gazeta do Povo)

A colheita de soja na região norte de Mato Grosso do Sul está em 3%. Em todo o Estado, de 2,3 milhões de hectares plantados, 7% já foram colhidos e a chuva que começou a cair em São Gabriel do Oeste, fez com que os trabalhadores e máquinas parassem por um dia.

A Expedição Safra esteve ontem (27) em São Gabriel do Oeste e de acordo com a analista de mercado da Expedição, Luana Gomes, as primeiras lavouras de soja precoce estão sendo colhidas. "Nós chegamos no município com sol e saímos com chuva e a colheita está apenas começando, mas vimos produtores bem animados", alega.

Conforme a analista, a produtividade da soja na região, deve ser uma das melhores, já que São Gabriel do Oeste não foi tão afetado pelas chuvas. "Nós tínhamos preocupação com as lavouras tardias, porque havia parado de chover, mas como a chuva voltou, isso não deve ser mais problema", avalia.

Para o presidente do Sindicato Rural de São Gabriel do Oeste, Júlio César Bortolini, a situação está propícia para os produtores do município. "As colheitas começaram em pontos isolados, mas tivemos uma safra normal, sem problema de clima e os produtores estão animados, porque sabem que a nossa soja vai ser bem mais produtiva em relação a outros locais do Estado", informa.

Em Rio Verde de Mato Grosso, como a bacia geográfica da região é mais alta, os produtores plantam depois e a colheita deve iniciar no dia 20 de fevereiro, segundo o tesoureiro do Sindicato Rural do município, Severino José da Fonseca.


Região Sul – Equipe do Rally da Safra esteve em Dourados e Naviraí nos dois últimos dias e a avaliação dos pesquisadores sobre a soja na região Sul de Mato Grosso do Sul, são animadoras. "Em Dourados e Naviraí, vimos lavouras boa, produtores animados e colheita acelerada", alega um dos coordenadores do Rally, Marcos Rubim.

Sobre a pressão de pragas e doenças que seria um dos entraves devido ao excesso de chuvas, ficaram para trás e não há este tipo de problema. "A seca que durava alguns dias acabou e ontem estava chovendo em Dourados, o que fez com que os produtores recolhessem as máquinas e dessem um tempo na colheita", comenta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)