Cassilândia, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

26/04/2006 07:24

Clínicas de bronzeamento artificial fiscalizadas em MS

João Humberto

Os estabelecimentos que oferecem serviço de bronzeamento artificial no Estado deverão ser fiscalizados em breve, conforme projeto de lei do deputado estadual Maurício Picarelli (PTB). Ele quer que estes estabelecimentos funcionem somente com alvará de órgão municipal competente ou hierarquicamente superior.



Na matéria, a sugestão é de que a SES (Secretaria de Estado de Saúde) fiscalize o cumprimento da lei. Dentre as normas impostas ao projeto, somente pode ser submetido a bronzeamento artificial o cliente que apresentar atestado de avaliação médica informando que está apto ao procedimento de bronzeamento; aquele que não apresentar condição de risco que o impeça de ser submetido ao procedimento de bronzeamento; estar ciente dos riscos acarretados pelo procedimento, entre outras.



Também devem ser afixados nos estabelecimentos, cartazes que informem os riscos do procedimento, a exigência da apresentação de atestado médico e assinatura de termo de ciência. Os clientes que usufruem desse tipo de tratamento estético devem ser enquadrados em fichas que informem as datas e a duração de cada sessão de bronzeamento e o intervalo entre elas.

O estabelecimento que descumprir a lei estará sujeito à cassação de alvará de funcionamento.

Segurança – Conforme Picarelli, “o objetivo da lei é proteger a saúde do consumidor desse serviço especializado, bem como evitar o tratamento dos males provocados pelo serviço inadequadamente prestado, já que, o bronzeamento expõe a pessoa à radiação ultravioleta. É que o empresário ganha dinheiro aplicando bronzeamento e quando este apresenta problemas de saúde, alguns graves como câncer de pele e queimaduras de graus variados, quem responde com tratamento é o Estado”, conclui.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
03:14
Loteria
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)