Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

24/05/2010 13:02

Cassilândia: Laudiginio agradece a solidariedade

João Girotto

Laudiginio Barbosa Nunes pediu para eu fazer um agradecimento em seu nome pela solidariedade recebida, desde o seu acidente. Ele teve de amputar parte da perna direita.

Ontem e hoje estive na casa de Laudiginio. A idéia era para fazer uma gravação para o programa de rádio Rotativa no Ar, dando espaço a ele para agradecer o carinho da população. Ele quer fazer. Mas, não consegue, pois ainda são grandes as suas emoções. Então ele pediu: "Você poderia agradecer em meu nome? Eu não consigo falar porque choro."

E porque não faria isso?

O Laudiginio disse que ainda vai falar no microfone da Patriarca fazendo um agradecimento especial. Mas hoje ele pede para agradecer as centenas de amigos que possui, a solidariedade que teve daqueles que foram a São José do Rio Preto (SP) doar sangue e aos amigos que rezaram por ele.

“Sabe Girotto, eu fui e voltei. Foi só um pedacinho do meu corpo. Isso não representa nada. Afinal, era para ser assim", disse.

Ele contou que seu filho levou um psicólogo para conversar com ele. O psicólogo disse que o Laudigínio não estava precisando de nada. "Ele disse que eu não vou ter depressão porque não quero e quem não quer não tem", contou.
“E não vou mesmo Girotto. Já estou pensando na perna mecânica. Tem gente aqui que tem uma, outros até as duas e vivem normalmente", completou.

“Ainda vou fazer mais um operação. É um enxerto na perna. Depois vamos a luta”, falou.

Esse é o Laudiginio, que eu conheço. Cabelos compridos, de bem com a vida e tendo uma família fantástica como pilar. Gosta de moto e pelo jeito não vai abandonar. “Olha, tem um cara no Chapadão que não tem as pernas e anda de moto normalmente”. É o aviso.

Ele agradeceu a todas as religiões que fizeram orações.

A gente brinca que ele é o nosso Roberto Carlos. Não precisava tanto.

É uma romaria em sua casa, desde a tarde de sexta, quando chegou de Rio Preto. Ontem, começou às 8 e terminou às 23 horas. E assim vai ser todos os dias. “O pessoal pode vir que a porta vai estar sempre aberta”, avisou sua mulher.

Laudiginio, Deus dá a cruz do tamanho que a gente pode carregar. Para uns faltam amor. Você, graças a Deus, tem demais. É o que importa. Seja bem vindo a sua nova vida.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)