Cassilândia, Sábado, 23 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

17/04/2017 15:25

Candidatos denunciam concurso para advogado com salário abaixo de lei estadual

Midiamax

O concurso para o Conselho Regional de Química da 20ª Região, que está com inscrições abertas e prevê formação de cadastro de reserva de advogados em Campo Grande, está levantando dúvidas entre os participantes por conta da remuneração para a vaga.

Um ofício foi protocolado na OAB MS (Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Mato Grosso do Sul) questionando a remuneração prevista: R$ 1,7 mil para carga horária de 40 horas semanais e benefícios: Vale Refeição: no valor equivalente a R$ 458, auxílio assistência à saúde (mediante ressarcimento parcial do valor despendido) e Vale Transporte, nos termos da legislação vigente.

O problema é que a Lei Estadual 4.948, sancionada pelo governador Reinaldo Azambuja no fim do ano passado, estabelece o piso salarial profissional do advogado empregado em Mato Grosso do Sul. Conforme a norma, o piso salarial do advogado empregado em Mato Grosso do Sul será de R$ 1,3 mil mensais para jornada de quatro horas diárias ou 20 horas semanais e de R$ 2,6 mil mensais para jornada de oito horas diárias ou 40 horas semanais.

O Jornal Midiamax procurou o Conselho Regional de Química da 20ª Região que informou que a situação está sendo analisada pelo setor jurídico do Conselho. A OAB também foi procurada e deve manifestar-se ainda nesta segunda-feira (17).

O edital do concurso indica três vagas: uma para Agente Administrativo e duas para Agente Fiscal. Ambas as funções têm remuneração de R$1,5 mil.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 23 de Setembro de 2017
Sexta, 22 de Setembro de 2017
Quinta, 21 de Setembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)