Cassilândia, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

26/07/2017 09:00

Campanha contra o mal do Panamá

Momento Agro

Até o final de agosto, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) deve lançar alerta fitossanitário para iniciar campanha de prevenção contra a raça 4 tropical do Mal do Panamá, doença considerada hoje a principal ameaça aos bananais em todo o mundo.

Em 2016, o país plantou cerca de 485 mil hectares da fruta, com produção de 6,8 milhões de toneladas e exportações de US$ 21,04 milhões, o equivalente a 64,4 mil toneladas. Além de ter se alastrado por países asiáticos e da Oceania, ela já atingiu o Oriente Médio e chegou a Moçambique, na África.

De acordo com o chefe da Divisão Prevenção, Vigilância e Controle de Pragas do Mapa, Ricardo Kobal Raski, o alerta orientará sobre a adoção de medidas para prevenir a introdução no Brasil da raça 4 tropical do fungo Fusarium oxysporum f. sp. cubense, causador do Mal do Panamá.

O Brasil convive desde a década de 1950 com a raça 1 do fungo, endêmica em todo o mundo, a raça 1 do Mal do Panamá atinge a variedade de banana maçã, causando grandes perdas na produção. No continente americano, a raça 4 ainda não foi encontrada e a sua introdução poderia trazer sérios problemas à produção da fruta. Isto porque as variedades prata, nanica e nanicão, que representam quase 90% das bananas plantadas no Brasil, são suscetíveis à raça 4 tropical do fungo.

Depois que um local é contaminado, o fungo pode sobreviver no solo por mais de 20 anos ou ainda em hospedeiros intermediários com ervas daninhas específicas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 19 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 18 de Setembro de 2017
22:10
Loteria
Domingo, 17 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)