Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/06/2004 10:10

Campanha contra doença pulmonar é lançada no Brasil

Dourados News

Todo ano 30 mil brasileiros morrem em conseqüência da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC): ela é a quinta doença que mais causa mortes no país. Por isso, a Sociedade Brasileira de Pneumologia lançou hoje uma campanha nacional de combate à DPOC, com o slogan "Respire e Viva". Com unidades móveis, a campanha se propõem a avaliar a capacidade pulmonar dos brasileiros e a diagnosticar a doença.

O presidente da Sociedade Brasiliense de Doenças Toráxicas, Paulo Feitoza, garante que, além de matar, a doença faz o paciente sofrer muito. De acordo com o Ministério da Saúde, até fevereiro deste ano, foram constatadas mais de 153 mil internações em hospitais decorrentes de doenças respiratórias em geral. Para o pneumologista Paulo Feitoza, o principal fator de risco é o tabagismo. "Quem não quer ter a doença, que não fume", alerta.

A DPOC atinge principalmente fumantes e ex-fumantes. A capacidade pulmonar é reduzida e as pessoas começam a perder fôlego ao subir escadas, por exemplo. Duas enfermidades estão associadas à - a bronquite crônica e o enfisema pulmonar.

O servidor público João Alberto, 51 anos, fumou por 30 anos, parou há seis e ainda hoje sofre com as conseqüências. "Tenho dificuldades respiratórias, tenho tosses constantes e sei que são em decorrência do cigarro", afirma.

Neste fim de semana a campanha está sendo realizada em Brasília. Depois segue para São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Recife. Ao todo, oito cidades serão visitas pela clínica móvel onde os exames são realizados para detectar a capacidade pulmonar da população, diagnosticando, assim, se uma pessoa é ou não portadora de DPOC.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)