Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

06/01/2014 18:10

Bisavó morre após saber que bisneta foi queimada

G1

Será enterrado na tarde desta segunda-feira (6) o bisavô paterno da menina Ana Clara, Dasico Rodrigues da Silva, 81 anos. O idoso sofreu um infarto no domingo (5), ao saber que a neta sofreu queimadura em mais de 90% do corpo, em ataque a ônibus na sexta-feira (3), na Vila Sarney Filho, em São Luís. Ele morreu em casa, no bairro da Santa Cruz.
"Ele era muito ligado à bisneta. Ana Clara passou um bom tempo morando com ele, até o ano passado. Ela foi a primeira bisneta dele, gostava de sentar no colo, ficar brincando com ele", disse Ana Emily Silva, neta de Dasico.

A bisneta, Ana Clara Santos Sousa, de 6 anos, morreu praticamente um dia após o avô, às 6h45 desta segunda-feira (6), segundo informações da Secretaria de Saúde do Maranhão. Ana Clara estava com a mãe e a irmã, quando o veículo foi invadido e incendiado por homens armados. O velório de Ana Clara ocorre na Pax União do Anil e o enterro será no Jardim da Paz, nesta terça-feira (7). O assunto foi destaque da GloboNews.

Demais feridos
A irmã de Ana Clara, de 1 ano e 5 meses, permanece internada no Hospital Estadual Infantil Juvêncio Matos. Ela teve queimaduras em 20% do corpo, mas o seu quadro é considerado estável e está fora de perigo. A mãe das crianças, de 22 anos, teve 40% do corpo queimado e permanece internada no Hospital Geral Tarquínio Lopes Filho.

Além delas, uma mulher de 35 anos está internada no Hospital Geral com queimaduras de segundo grau no abdome e no braço direito, com quadro considerado estável. Já o homem de 37 anos que teve 72% do corpo queimado no ataque segue em estado grave na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Tarquínio Lopes Filho.

Onda de ataques
A onda de ataques que vitimou Ana Clara Santos Sousa começou depois de uma operação realizada pela Tropa de Choque da Polícia Militar no Complexo de Pedrinhas, com o objetivo de diminuir as mortes nas unidades prisionais do estado.

Na quinta (2), dois presos foram encontrados mortos em Pedrinhas. Em 2013, de acordo com o relatório do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) entregue em 27 de dezembro, 60 detentos morreram nos presídios do Maranhão.
Nos ataques de sexta, quatro ônibus foram incendiados na Vila Sarney, na Avenida Kennedy, no bairro João Paulo e na Avenida Ferreira Gullar. Além disso, duas delegacias foram alvo de tiros em São Luís, no São Francisco e na Liberdade.

Prisões
Na manhã de domingo (5), dez suspeitos de participarem dos ataques a ônibus e delegacias em São Luís foram apresentados pela Secretaria de Segurança Pública – dois adolescentes e oito maiores de idade. No total, 11 pessoas foram detidas, mas o suspeito de atirar contra a delegacia do bairro da Liberdade na noite de sábado (4) não foi apresentado porque a prisão ocorreu durante a entrevista coletiva.

O secretário de Segurança Pública do estado, Aluísio Mendes, afirmou que a ordem para os ataques partiu de dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas e que o objetivo da facção criminosa era queimar, pelo menos, 20 ônibus na Região Metropolitana de São Luís.

Escutas telefônicas gravadas com autorização judicial mostram que a ordem para os ataques na capital maranhense partiu de dentro do presídio. Segundo reportagem do "Fantástico" (veja no vídeo ao lado), Hilton John Alves Araújo, detido após os ataques, comandou a ação depois de receber o pedido de um preso.

Reforço policial
O efetivo de todas as polícias que atuam na capital foi reforçado após os ataques. Além das polícias Militar e Civil, houve reforço no contingente de homens do Grupo Tático Aéreo (GTA) e do Corpo de Bombeiros que atua em São Luís. Além disso, alunos da PM que terminaram a formação e estão em fase de estágio operacional estão nas ruas da cidade desde sábado.

 

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)