Cassilândia, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

22/07/2005 09:29

BC cria cadastro para consultas sobre sigilos quebrados

Marineiva Rodrigues/Campo Grande News

O Banco Central coloca em prática, a partir de segunda-feira, um cadastro que irá facilitar a consulta de informações de pessoas ou empresas que tenham tido o sigilo bancário quebrado. O Cadastro de Clientes do Sistema Financeiro Nacional (CCS) irá reunir em uma base de dados o relacionamento que cada pessoa ou empresa tem com um banco ou mais.

Para fazer esse cadastro, os bancos enviarão os dados para a autoridade monetária. Segundo a Folha On Line, no banco de dados constará o CPF (Cadastro da Pessoa Física) ou o CNPJ (Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica). Relacionado a esse dado, estará o nome do(s) banco(s) em que a pessoa ou empresa tem qualquer tipo de relacionamento (conta corrente, poupança, investimento). Dessa forma, quando a Justiça ou uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) quiser quebrar o sigilo bancário de uma empresa ou pessoa, o BC vai poder entrar no sistema e ver onde que os investigados têm conta.

De acordo com o BC, os juízes terão uma senha para entrar no cadastro e verificar as contas correntes de um investigado em um determinado processo. No cadastro da autoridade monetária não haverá informações sobre o saldo ou movimentações. Isso terá que ser pedido aos bancos.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 06 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do Dia
09:00
Maternidade
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)