Cassilândia, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/10/2007 05:46

Bancária é mantida como refém em casa na Capital

Adriany Vital/Campo Grande News

A funcionária do banco HSBC Carolina Sipoli de Lima, de 28 anos, foi rendida por um assaltante e mantida como refém em sua própria casa, na tarde desta terça-feira (2 de setembro). Um homem armado surpreendeu a bancária quando saia de casa, na Rua Herculano Metello Peres, no residencial Mata do Jacinto, em Campo Grande.

Conforme o boletim de ocorrência, o assaltante exigiu que Caroline retornasse para dentro de casa e o tempo todo pedia que ela lhe entregasse a senha do banco de onde trabalha. Ela foi amarrada com um cadarço na cama, torturada e agredida pelo autor, que usava um capacete.

Segundo relatos da vítima, o assaltante chegou a se comunicar com uma outra pessoa pelo telefone celular. Na conversa, ele perguntava se havia conseguido pegar o gerente do banco. Ele teria feito outras duas ligações. O assaltante demonstrou saber sobre a rotina da funcionária, ao reclamar com quem se comunicava por não ter conseguido “pegar o gerente logo no dia que o marido dela não estar em casa”.

Depois de muito insistir para que entregasse a senha, o autor saiu da residência deixando Caroline amarrada. Ela conseguiu se soltar e se arrastar até o banheiro e logo foi socorrida pelo marido que chegava em casa. Há suspeitas que o autor conhecia a rotina da vítima e teria planejado um roubo com participações de outras pessoas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sábado, 10 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)