Cassilândia, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

24/11/2010 06:18

Bancada federal de MS apresenta 15 emendas ao Orçamento

João Humberto, Campo Grande News


Deputados federais e senadores de MS se reuniram ontem, em Brasília, para definir conjunto de emendas que serão apresentadas ao Orçamento.

Os deputados federais e senadores que representam Mato Grosso do Sul no Congresso Nacional definiram hoje, que as emendas coletivas a serem apresentadas ao Orçamento da União de 2011 vão priorizar projetos voltados para a educação, esporte, a região de fronteira e infraestrutura, especialmente a pavimentação e recuperação de estradas.

Coordenador da bancada, o senador Delcídio do Amaral (PT) explica que são 15 emendas e que os valores com as propostas serão encaminhados até amanhã à noite à Comissão de Orçamento. “Acredito que poderemos passar dos R$ 400 milhões, marca já atingida em anos anteriores, até porque o presidente da Comissão (deputado Waldemir Moka - PMDB) é do nosso estado, o que, evidentemente, nos dá uma oportunidade muito boa de garantir um Orçamento bastante adequado às necessidades de Mato Grosso do Sul”.

Delcídio adiantou que as emendas preveem recursos para pavimentar rodovias na região Sul Fronteira. Também é ideia da bancada a construção de um Centro Olímpico em Campo Grande voltado à formação de atletas, a instalação de pavilhões de eventos em diversos municípios como forma de incentivar a cultura, a duplicação e manutenção de estradas federais, além de uma novidade: recursos para a cadeia produtiva do peixe.

“Este ano fomos prejudicados pelo período eleitoral. A liberação de recursos federais ficou muito aquém do que imaginávamos. Durante esse período não se pode liberar absolutamente nada e nós ficamos congelados de abril até agora. A palavra de ordem agora é correr para tentar cumprir o Orçamento que aprovamos no ano passado”, avisou Delcídio.

Amanhã termina o prazo para apresentação de emendas de bancada e individuais. “Até 20 de dezembro queremos estar com o Orçamento definitivamente aprovado pelo Congresso Nacional”, revelou Moka.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)