Cassilândia, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

16/06/2009 18:32

Após revisão, UnB informa que tremor atingiu 4,6 graus

Ângela Kempfer, Campo Grande News

Depois de um susto generalizado na região Norte de Mato Grosso do Sul, o Centro Sismológico da UnB (Universidade de Brasília) fez uma analise mais detalhada dos dados sobre terremoto verificado ontem às 6h15 no Estado e chegou a conclusão de que o abalo atingiu 4,6 graus na escala Richter e não 4,8 como anunciado pouco depois do fenômeno.

Na prática, essa diferença não representa muita coisa, analisa o chefe do Centro, George Sand França. “O primeiro número é gerado quase que automaticamente, depois vamos verificar todas as informações que temos e revisamos o número”.

A explicação para um terremoto com epicentro em pleno Pantanal de Paiaguas é uma “fratura na rocha”, que com pressão acaba se deslocando até se acomodar.
No mesmo lugar, em 1964, um terremoto ainda mais intenso foi verificado, atingindo 5,4 graus.

Essa falha subterrânea pode provocar novos tremores, mas como fica em uma área não habitada, os danos são descartados. “Haveria impacto se fosse em centros urbanos”, explica.

Para avaliar qual a dimensão da fratura ou tentar prever novos abalos seria necessário um estudo demorado e caro, o que não cabe no orçamento da Unb, explica o professor. “E não justificaria porque não temos risco de nenhuma catástrofe”, argumenta.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Segunda, 11 de Dezembro de 2017
20:42
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)