Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

01/03/2005 11:04

Anzol de galho fica liberado por 60 dias, diz Kemp

Maristela Brunetto e Malu Prado/Campo Grande News

O deputado estadual Pedro Kemp (PT), líder do governo, ocupou há pouco a tribuna da Assembléia Legislativa para informar a decisão do Executivo estadual de liberar a partir de hoje, junto com o fim do defeso, o uso do anzol de galho por pescadores profissionais. A medida será válida por 60 dias, período em que será feito um embasamento técnico para fundamentar a decisão de proibir totalmente ou restringir a atividade.
Em decreto de 5 de novembro o governo proibiu o uso do anzol de galho. Na semana passada, pescadores foram à Assembléia pedir ajuda para revogação do decreto.
Conforme Kemp, será formulado um grupo de trabalho formado por policiais ambientais e técnicos da Secretaria de Meio Ambiente e Instituto de Meio Ambiente Pantanal para encaminhar o estudo necessário e avaliação do cadastro de pescadores. O líder do governo disse que o cadastro será revisado porque há denúncia de que pessoas que não seriam pescadoras profissionais teriam recebido seguro-desemprego e cesta básica durante o período do defeso, que foi do começo de novembro até ontem.
Nesta segunda-feira, a Federação dos Pescadores já tinha sido informada da decisão do governo de permitir o uso de anzol, o que permite a retirada de mais peixes do rio.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Dezembro de 2017
Domingo, 17 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Sábado, 16 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)