Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

22/07/2008 11:29

Antes de ser preso, Dantas queria achar diamantes em MS

Paulo Fernandes/Campo Grande News

A GME4 do Brasil Participações e Empreendimentos S.A, do Grupo Opportunity, que pertence ao banqueiro Daniel Dantas, conseguiu neste mês a autorização para pesquisar veios de diamante em Pedro Gomes (326 km de Campo Grande).

Se a empresa achar minérios, ela pode explorar os recursos encontrados ou vender os direitos de exploração. O alvará tem validade de três anos.

Criado no ano passado, o braço minerador do grupo Opportunity possui alvarás de pesquisa em dez Estados brasileiros, de acordo com dados do DNPM (Departamento Nacional de Produção Mineral) divulgados pelo site Folha Online. A área de pesquisa da GME4 é maior do que o Estado de Sergipe.

Os alvarás começaram a ser concedidos em abril e em alguns casos, o espaço de tempo entre o pedido da GME4 e a expedição do alvará foi de dois meses, o que surpreendeu o procurador da República Marco Mazzoni. "Não me recordo de um caso semelhante, com tantos pedidos, e especialmente pela velocidade da aprovação deles", afirmou.

Ao Campo Grande News, Márcio Fontoura, assessor do prefeito, de Pedro Gomes, disse que diamantes não são explorados naquela cidade há 40 anos. Segundo ele, existem “buracos” abandonados de extração do minério. “Há muito tempo ninguém fala disso”, afirma.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Terça, 12 de Dezembro de 2017
20:48
Loteria
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)