Cassilândia, Sexta-feira, 14 de Dezembro de 2018

Últimas Notícias

19/02/2011 09:41

Animais apreendidos podem ser devolvidos a circo acusado de maus tratos

Luana Lourenço, Agência Brasil
Agência BrasilAgência Brasil

Brasília - O Zoológico de Brasília vai tentar impedir a devolução de seis animais aos proprietários do Le Cirque. Em 2008, 22 animais foram confiscados pela Justiça e estavam vivendo em zoológicos e santuários ecológicos espalhados pelo país. Em Brasília, estão um rinoceronte, um elefante, um camelo, um hipopótamo e duas lhamas.

Os donos do Le Cirque foram condenados por maus tratos porque, segundo a denúncia do Ministério Público (MP), o circo não apresentava condições mínimas de segurança, nutrição e saúde para os animais. No entanto, na última quinta-feira (17), a 3ª Turma Criminal do Tribunal de Justiça do Distrito Federal reviu a decisão em primeira instância e absolveu os réus.

Para os desembargadores, não há provas suficientes para comprovar os maus tratos aos animais. As condições de transporte e alojamento a que os bichos foram submetidos eram consequência natural do modo de vida circense, de acordo com a decisão. “A condição nômade destas empresas de espetáculos populares não mais encontram espaços físicos nas cidades do Brasil urbano, o que impõe é uma união, de improvisos e de sofrimentos, dos homens e dos animais, sob as mesmas lonas escaldantes do circo”.

O diretor-presidente do Zoológico da Brasília, José Belarmino da Gama, preparou um relatório comparando a situação dos animais quando chegaram ao parque e as condições atuais. “Os animais estão sendo muito bem cuidados aqui por técnicos, tratadores e veterinários. Muito diferente da situação em que eles se encontravam. Estavam sujeitos à restrição de movimento, transportes sucessivos. Eram ariscos, o estresse era visível”.

O dossiê será entregue à Promotoria de Defesa do Meio Ambiente do MP do Distrito Federal e à procuradoria do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) para servir de subsídio para um recurso judicial contra a devolução dos bichos.

Segundo Belarmino, o zoológico ainda não foi notificado da decisão judicial. “Vejo com tristeza essa possibilidade de os animais terem que voltar para o circo, as condições são incomparáveis”.



Edição: Aécio Amado


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 14 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
06:57
Cassilândia
Quinta, 13 de Dezembro de 2018
10:00
Receita do dia
09:00
Santo do dia
03:34
Cassilândia
Quarta, 12 de Dezembro de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)