Cassilândia, Segunda-feira, 06 de Julho de 2020

Últimas Notícias

29/05/2020 14:10

Alvo de ação contra pedofilia formatou computador dias antes, diz a polícia

Renata Portela, Midiamax

 

Morador em Cassilândia, homem de 33 anos foi um dos alvos da Operação Deep Caught da Polícia Civil, realizada na quinta-feira (28). Não foi encontrado no computador dele material que configurasse crime e determinasse prisão em flagrante, mas ele revelou que o aparelho tinha sido formatado.

Segundo a Polícia Civil, foi cumprido o mandado de busca e apreensão na casa do suspeito por volta das 6 horas. A equipe foi recebida por uma moradora, que não tinha a senha de acesso a computador do suspeito. No entanto, ela informou que o equipamento apresentava problemas técnicos há aproximadamente um mês.

Por conta dos problemas, o computador foi formatado várias vezes nos últimos dias, tendo passado por pelo menos dois técnicos de informática. Na busca, não foi encontrado material que comprovasse o crime, mas o aparelho foi apreendido para perícia. Por volta das 7 horas, o homem chegou na casa e confirmou que o aparelho tinha sido formatado.

 

Ele ainda revelou que usava um programa de download de arquivos para baixar material pornográfico. Ele também disse que nas buscas usava palavras-chave para conteúdo pedófilo, de exploração ou abuso sexual de crianças ou adolescentes.

Mesmo não tendo sido configurado o flagrante, ele responde por adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente.

Operação Deep Caught
A operação da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) prendeu quatro pessoas na quinta-feira, sendo quatro homens moradores em Campo Grande, Jardim e Bonito. Foram presos um estudante e vendedor, um professor de matemática que dá aula em colégio particular para crianças e adolescentes, ambos na Capital, e ainda um guarda municipal e um técnico eletrônico.

O nome da operação se refere ao trabalho investigativo da Polícia Civil, no ambiente da deep weeb, com a consequente localização e captura dos autores dos crimes, praticados contra crianças e adolescentes. É na deep web que os autores conseguem ter acesso ao material como vídeos e imagens de pedofilia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 06 de Julho de 2020
Domingo, 05 de Julho de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)