Cassilândia, Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Últimas Notícias

06/07/2004 14:31

Aids atinge 38 milhões de pessoas em todo o mundo

Irene Lobo / ABr

A epidemia de aids continua a avançar, principalmente nos países em desenvolvimento. Em todo o mundo, o número de pessoas vivendo com aids saltou de 35 milhões em 2001 para 38 milhões em 2003. A boa notícia é o aumento, em 15 vezes, dos gastos globais com a doença, que saltaram de US$ 300 milhões em 1996 para US$ 5 bilhões em 2003. Os números constam do Relatório Mundial sobre a Epidemia de Aids 2004, divulgado hoje em Brasília pelo Programa das Nações Unidas em HIV/Aids (Unaids).

Mesmo com o aumento dos recursos para prevenção e tratamento da doença, o valor representa menos da metade dos US$ 12 bilhões que serão necessários para combater a epidemia nos países em desenvolvimento no próximo ano. “Mas não é suficiente ter apenas os recursos, é fundamental a utilização apropriada e transparente do dinheiro, um problema que vem acontecendo principalmente nos países em desenvolvimento”, alerta o diretor da Unaids no Brasil, Pedro Chequer.

Outro dado divulgado é que no mundo apenas uma em cada grupo de cinco pessoas tem acesso à prevenção ao HIV. Menos de uma, em cada grupo de 10 pessoas, tem acesso ao tratamento anti-retroviral nos países em desenvolvimento.

As mulheres, em especial adolescentes e jovens, formam o grupo que vem sendo mais infectado pelo HIV. No mundo, cerca de metade de 38 milhões de pessoas que vivem com HIV/Aids é do sexo feminino.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 22 de Outubro de 2017
Sábado, 21 de Outubro de 2017
10:00
Receita do dia
Sexta, 20 de Outubro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)