Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

06/07/2004 14:31

Aids atinge 38 milhões de pessoas em todo o mundo

Irene Lobo / ABr

A epidemia de aids continua a avançar, principalmente nos países em desenvolvimento. Em todo o mundo, o número de pessoas vivendo com aids saltou de 35 milhões em 2001 para 38 milhões em 2003. A boa notícia é o aumento, em 15 vezes, dos gastos globais com a doença, que saltaram de US$ 300 milhões em 1996 para US$ 5 bilhões em 2003. Os números constam do Relatório Mundial sobre a Epidemia de Aids 2004, divulgado hoje em Brasília pelo Programa das Nações Unidas em HIV/Aids (Unaids).

Mesmo com o aumento dos recursos para prevenção e tratamento da doença, o valor representa menos da metade dos US$ 12 bilhões que serão necessários para combater a epidemia nos países em desenvolvimento no próximo ano. “Mas não é suficiente ter apenas os recursos, é fundamental a utilização apropriada e transparente do dinheiro, um problema que vem acontecendo principalmente nos países em desenvolvimento”, alerta o diretor da Unaids no Brasil, Pedro Chequer.

Outro dado divulgado é que no mundo apenas uma em cada grupo de cinco pessoas tem acesso à prevenção ao HIV. Menos de uma, em cada grupo de 10 pessoas, tem acesso ao tratamento anti-retroviral nos países em desenvolvimento.

As mulheres, em especial adolescentes e jovens, formam o grupo que vem sendo mais infectado pelo HIV. No mundo, cerca de metade de 38 milhões de pessoas que vivem com HIV/Aids é do sexo feminino.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Quarta, 07 de Dezembro de 2016
20:20
Loteria
10:00
Receita do dia
09:00
Maternidade
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)