Cassilândia, Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Últimas Notícias

16/11/2005 14:31

Aftosa: queda nos abates fica abaixo do esperado em MS

Humberto Marques / Campo Grande News

A queda no total de abates de animais em Mato Grosso do Sul ficou abaixo do que esperava o setor agropecuário, após a divulgação da existência de casos de febre aftosa no sul do Estado. Dados da SFA/MS (Superintendência Federal da Agricultura de Mato Grosso do Sul) indicam que, em outubro, foram abatidos 144.683 bovinos, contra 323.133 animais em setembro – uma queda aproximada de 44,7%. Na semana passada, o superintendente do órgão no Estado, José Antônio Felício, projetava uma queda de até 70% em relação à média histórica (de 330 mil animais).

As baixas devem-se às restrições impostas por mercados internacionais e mesmo de outras regiões do Brasil para a carne sul-mato-grossense. Embora o Mapa (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) tenha cerceado a comercialização da carne oriunda dos cinco municípios componentes da zona de segurança contra a aftosa – Eldorado, Iguatemi, Itaquiraí, Japorã e Mundo Novo – durante algumas semanas a restrição atingiu todo o Estado, com frigoríficos decretando férias coletivas e suspendendo abates. Com as normatizações impostas pelo ministério para a comercialização do boi em pé e da carne com osso, a tendência é de que os problemas decorrentes da doença restrinjam-se apenas às cidades do Cone Sul.

Outras atividades de corte também registraram quedas, embora em menor proporção. Na avicultura, o total de aves abatidas em setembr, de 10,335 milhões, caiu para 9,771 milhões em outubro. Na suinocultura, a queda foi de 60.782 animais em setembro para 53.658 em outubro.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 22 de Maio de 2017
21:25
Loteria
10:00
Receita do Dia
Domingo, 21 de Maio de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)