Cassilândia, Quarta-feira, 23 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

11/10/2003 08:52

Acordo garante tratamento médico em países da CPLP

Agência Câmara

Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional da Câmara Federal aprovou o texto do acordo para concessão de visto temporário para tratamento médico a cidadãos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP). Além do Brasil, são signatários do tratado Angola, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe.
O acordo, assinado em 2002, prevê que o visto para tratamento médico terá validade de até dois anos, a critério da autoridade consular, e poderá ser prorrogável por pelo menos mais um ano. Para a concessão do visto, é necessário apresentar a indicação médica para o tratamento e a comprovação de um dos seguintes requisitos:
1 - capacidade para custear o tratamento e para se manter durante o período de sua duração;
2 - seguro de saúde que ofereça cobertura para o atendimento específico;
3 - certificado de prestação de serviço de saúde previsto em acordo internacional; ou outro meio de ressarcimento, quando o tratamento for efetuado pelo sistema de saúde nacional.
O texto prevê ainda que, quando o cidadão de um país integrante da CPLP se encontre legalmente no território de outro e o seu estado de saúde não recomende a sua remoção ou deslocamento, o visto poderá ser concedido com base no presente acordo.

O deputado Márcio Reinaldo Moreira (PP-MG) relatou a mensagem na Comissão, que, após aprovada, passa a tramitar como o Projeto de Decreto Legislativo 820/03. O projeto será analisado, em regime de prioridade, pela Comissão de Constituição e Justiça e de Redação e pelo Plenário.



Reportagem - Márcia Schmidt
Edição - Daniela André

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quarta, 23 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
Terça, 22 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)