Cassilândia, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

29/03/2012 11:15

Abate de bovinos cai 1,6% em 2011, segundo IBGE

Flávia Vilela, Agência Brasil

Rio de Janeiro - O abate de bovinos registrou queda de 1,6% em 2011, com 28,8 milhões de cabeças de gado, informou hoje (29) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Houve queda também na aquisição de couro que foi de 34,1 milhões de peças inteiras, 2,5% menor que em 2010.

Já o abate de frangos chegou a 5,3 bilhões de animais em 2011, 5,6% a mais que em 2010. Também foi registrado aumento de 7,2% no abate de suínos (34,9 milhões de cabeças) e de 3,9% na produção de leite (21,8 bilhões de litros). A produção de ovos de galinha em 2011 também aumentou em comparação com 2010, com 4,3% de crescimento ou 2,7 bilhões de dúzias.

De acordo com o IBGE, os preços altos da carne bovina no mercado interno e o aumento do consumo das carnes de suínos e de aves indicam que o consumidor pode ter substituído parcialmente o consumo da carne bovina por carnes com preços mais acessíveis. A queda nas exportações devido à crise econômica na Europa, à desaceleração econômica global e a necessidade de reposição do rebanho nacional são outros fatores que contribuíram para este resultado, de acordo com o estudo.

A Região Centro-Oeste foi a principal abatedora de frangos em 2011, seguida pelas regiões Sul e Sudeste. A Região Sul continuou sendo a principal região abatedora de suínos em 2011, respondendo por 65,9% do abate nacional. Amazonas e Sergipe tiveram o maior crescimento percentual de aquisição de leite – respectivamente, 190,6% e 46,4%, embora suas produções sejam pouco representativas em termos nacionais. Roraima, por sua vez, teve queda na aquisição de 32,8%.

Mato Grosso foi o estado que mais aumentou a aquisição total de couro, um aumento superior à diferença anual. Tocantins também registrou crescimento na aquisição do produto sendo responsável por uma participação na diferença anual de 33,7%. Por outro lado, São Paulo reduziu significativamente as compras de couro no período em comparação, bem como Paraná, Bahia e Goiás.



Edição: Lílian Beraldo

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 09 de Dezembro de 2016
Quinta, 08 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)