Cassilândia, Terça-feira, 19 de Setembro de 2017

Últimas Notícias

05/09/2017 15:00

A nova câmera que consegue enxergar de fora o interior do corpo humano

EPharma Notícias

Cientistas desenvolveram uma câmera capaz de registrar imagens através do corpo humano. A câmera poderá ajudar os médicos a rastrear, do lado de fora do corpo, equipamentos que são inseridos no corpo durante os exames, como endoscópios.

Até agora, médicos usavam sacanners e equipamentos de raio-x, normalmente com custo bastante elevado, para avaliar o progresso dos exames.

A nova câmera detecta fontes de luz dentro do corpo, como, por exemplo, a ponta iluminada do endoscópio.

O professor Kev Dhaliwal, da Universidade de Edimburgo, na Escócia, acredita que o uso do novo equipamento não vai se limitar a identificar endoscópios.

"Tem um imenso potencial para diversas aplicações. A habilidade para identificar a localização de um equipamento dentro do corpo é crucial em tratamentos médicos, uma vez que avançamos para abordagens cada vez menos invasivas".

Tecidos e órgãos

Testes recentes já mostraram que o protótipo da câmera pode, em condições normais, identificar pontos de luz 20 centímetros distantes do tecido externo.

Os feixes de luz do endoscópio também podem passar pelo corpo, mas ao invés de seguirem por um caminho reto, geralmente espalham-se ou esbarram nos tecidos e nos órgãos. Isso dificulta obter uma imagem clara mostrando onde a ferramenta está.

A nova câmera, por sua vez, é capaz de identificar partículas individuais, os fótons, e é sensível o suficiente para capturar minúsculos rastros de luz que atravessam os tecidos internos.

O equipamento também registra o tempo que leva para feixes de luz atravessarem o corpo. Isso significa que a câmera é capaz de saber exatamente onde o endoscópio está.

Além disso, a forma com que os pesquisadores desenvolveram a câmara permite que ela seja usada ao lado da cama dos pacientes.

O projeto, encabeçado pela Universidade de Edimburgo e pela Universidade Heriot-Watt, também na Escócia, é parte de uma pesquisa colaborativa interdisciplinar que está desenvolvendo tecnologia para diagnosticar e tratar doenças pulmonares.

"O que mais gosto neste trabalho é a possibilidade de trabalhar com médicos e enfermeiros para entender os desafios práticos dos tratamentos e, então, moldar tecnologias avançadas e teorias que normalmente não iriam sair de um laboratório de física para resolver problemas reais", disse Michael Tanner, da Universidade Heriot-Watt.

"Espero que possamos continuar essa abordagem interdisciplinar para fazer uma diferença real em relação às tecnologias para tratamento de saúde", afirmou Tanner.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 19 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Segunda, 18 de Setembro de 2017
22:10
Loteria
Domingo, 17 de Setembro de 2017
10:00
Receita do dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)