Cassilândia, Segunda-feira, 18 de Março de 2019

Últimas Notícias

15/07/2018 07:40

Município acata recomendação e anula concurso para procurador jurídico

Campo Grande News

A prefeitura de Aparecida do Taboado, a 481 quilômetros de Campo Grande, acatou a recomendação do MPE (Ministério Público Estadual), anulou o concurso para procurador jurídico e suspendeu por 90 dias o andamento da seleção para os demais cargos.

O certame foi alvo da Operação Back Door, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) no dia 4 de julho

Servidores, um ex-funcionário e um parente de um empregado da administração municipal são suspeitos de integrarem de esquema para fraudar o concurso, cujas provas haviam sido aplicadas na segunda quinzena de junho.

Investigadores descobriram que servidores e pessoas ligadas a eles tiveram sucesso na prova. Causou ainda mais estranheza o fato de o próprio secretário municipal de Administração, Kaiser Carlos Correa, ter gabaritado as questões

Da mesma forma, um ex-servidor e o filho de um servidor público, inscritos para o cargo de Engenheiro Civil (salário de R$ 4.115,97), acertaram, respectivamente, 39 e 38 questões do total de 40.

A recomendação, assinada pelo promotor Oscar de Almeida Bessa Filho, de Aparecida do Taboado, foi redigida no dia 5 de julho e publicada nesta terça-feira (10) no Diário Oficial do MPMS.

O promotor considerou que como há indício de fraude no concurso e direcionamento da licitação para a escolha da empresa responsável pelo certame,“tais irregularidades, uma vez comprovadas, podem acarretar prejuízo a vários candidatos e, até mesmo, a nulidade do certame”.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 18 de Março de 2019
Domingo, 17 de Março de 2019
09:00
Santo do dia
Sábado, 16 de Março de 2019
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)