Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 18 de Maio de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Inventor do Biribol, Dario Miguel Pedro morre por complicações da Covid

Ele tinha 85 anos, e inventou o esporte aquático na década de 1960

O Extra - 13 de abril de 2021 - 16:10

Seu sonho era que a modalidade integrasse as Olimpíadas - Foto: Reprodução
Seu sonho era que a modalidade integrasse as Olimpíadas - Foto: Reprodução

O professor Dario Miguel Pedro, de Birigui, inventor do Biribol, morreu na manhã desta terça-feira, 13, vítima de complicações da Covid-19, aos 85 anos de idade. O prefeito Leandro Maffeis decretou luto oficial no município por três dias.

Dario Miguel Pedro inventou o biribol na década de 1960, durante um churrasco na casa de um amigo, como uma brincadeira para espantar o calor, uma espécie de vôlei jogado dentro de uma piscina. Na época, o esporte foi chamado de frescobol ou vôlei de piscina.

Em 1968, o professor decidiu patentear o esporte, com regras e medidas específicas para que fosse praticado. Foi então que seu inventor decidiu homenagear sua cidade, dando o nome de Biribol para a modalidade, até porque frescobol já era um esporte conhecido pelo uso de raquetes.

O jogo é praticado por duas equipes, cada uma com quatro jogadores, em piscinas com 1,30m de profundidade e metragem de 8m por 4m, dividida ao meio por uma rede. As partidas desenvolvem-se em melhor de três ou de cinco sets. As regras assemelham-se às do vôlei.

A “brincadeira” deu tão certo que ganhou adeptos em todo o Brasil e até em outros países da Europa e América do Sul. O sonho de seu inventor era que o Biribol, considerado o único esporte genuinamente brasileiro, integrasse as Olimpíadas.

Sua paixão pelo esporte, aliás, era tanta, que ele mesmo mandou construir o seu próprio túmulo, que tem uma bola que faz alusão ao Biribol.

O corpo de Dario Miguel Pedro foi sepultado no Cemitério da Saudade, em Birigui, às 13h. Não houve velório.

SIGA-NOS NO Google News