Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Terça, 28 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Veterinária do Iagro vai proferir palestra na Assembléia

Nádia Costa - 19 de setembro de 2003 - 13:57

A Assembléia Legislativa de Mato Grosso do Sul, promoverá na próxima segunda-feira, 22, um ciclo de palestras cujo tema será Políticas Públicas no Combate à Leishmaniose no MS, às 14 horas, no Plenário Deputado Júlio Maia. Serão seis palestrantes, incluindo a médica veterinária e Mestre Veronique Micheline Claude Louvet Cortada, do Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal).
Veronique é formada na UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) e Mestre em biologia parasitária pela Fiocruz/UFMS e sua tese foi sobre a leishmaniose visceral canina no município de Anastácio, a 135 km de Campo Grande, em 2001. Atualmente é veterinária do Laboratório de Diagnósticos de Doenças Animais (Laddan)-Iagro.
Segundo Veronique, a leishmaniose visceral canina ou calazar (nome popular), é uma zoonose causada por um protozoário (L.(L)chagasi), que tem como hospedeiro acidental o homem e é transmitida ao hospedeiro vertebrado (homem, cão doméstico e animais silvestres), através da picada de um inseto, o flebotomíneo. Ela apresenta como principais sinais: febre, aumento do baço e do fígado e dos gânglios linfáticos, emagrecimento, debilidade, crescimento exagerado das unhas, queda de pelos e outros.
Na sua apresentação, a veterinária Veronique vai falar também sobre as características do inseto transmissor da leishmaniose, as várias denominações que ele recebe nas regiões do país, e por ser uma doença de início, do meio rural, como e porquê foi se alastrou para os centros urbanos. E um aviso: A leishmaniose não tem cura para o cão e nem tratamento.

SIGA-NOS NO Google News