Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sexta, 30 de Julho de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Polícia prende 5 homens que formavam quadrilha de roubo de soja no interior

Equipe da Força Tática prendeu a quadrilha de roubo de carga de soja em Sorriso (MT)

RD News - 26 de abril de 2021 - 08:42

Policiais do 2º Pelotão de Força Tática da Polícia Militar de Sorriso (420 km de Cuiabá) prenderam cinco suspeitos, sendo três caminhoneiros, e apreenderam R$ 29  mil em espécie, R$ 2 mil em cheques, um veículo Gol e três carretas durante operação sobre desvio de carregamento de soja. Também foram apreendidas notas fiscais com indícios de falsificação

Força Tática de Sorriso prende quadrilha de roubo de soja
Equipe da Força Tática prendeu a quadrilha de roubo de carga de soja em Sorriso (MT)

A ação ocorreu neste sábado (24), após denúncia do desvio de uma carga de soja e o sumiço do motorista, um homem de 35 anos. Além de não entregar a primeira carga, o caminhoneiro retornou à transportadora com ordem de novo carregamento.

A transportadora acionou a Central de Operações da PM (Copom) e logo depois ocorreram as prisões dos três motoristas e a apreensão das carretas. Eles estavam no estacionamento de um posto de combustíveis no setor industrial.

O motorista responsável pela carga que sumiu estava com R$ 18,7 mil em dinheiro. Outro caminhoneiro portava R$ 4,5 mil em dinheiro e R$ 2,1 mil em cheques. O terceiro caminhoneiro estava com R$ 6,5 mil em dinheiro.

De acordo com a apuração feita pela equipe de Força Tática durante a operação, os caminhoneiros estavam reunidos no local aguardando a chegada de novas notas fiscais com ordens para carregar soja em outras transportadoras da cidade.

O homem que trazia as notas, de 24 anos, também acabou sendo preso. Além de documentos com indícios de falsificações, os policiais militares também apreenderam dois carimbos de empresas transportadoras.

O quinto preso era motorista de veículo de transporte de passageiro por aplicativo. Ele disse que já havia feito três viagens com o portador das ordens falsas. Argumentando ser estudante de direito, o motorista por aplicativo resistiu à prisão, porém acabou sendo contido e levado à delegacia juntamente com os demais suspeitos.

Os cinco suspeitos, dinheiro, documentação e outros produtos apreendidos foram entregues na Delegacia da Polícia Judiciária Civil, onde as investigações sobre a atuação do grupo devem prosseguir.

SIGA-NOS NO Google News