Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 19 de Maio de 2024
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

PM que matou diretor disse que atirou para assustar

Inara Silva/Campo Grande News - 06 de junho de 2006 - 13:59

O policial militar Reginaldo Gonçalves, acusado de ter assassinato o diretor da Escola Estadual 8 de Maio, Newton César Alcará Anhasco, de 37 anos, disse em depoimento que atirou para assustar e não tinha intenção de atingir o diretor. Anhasco morreu na madrugada de ontem quando foi atingido por três tiros nas costas e na nuca.
O policial foi transferido ontem para o Presídio Militar e teria afirmado que o diretor e um colega teriam quebrado a janela de um bar. Três testemunhas foram ouvidas e confirmaram a tentativa de invasão, mas também disseram que os tiros foram a queima roupa, disparados em direção da camionete do diretor. O processo do policial correrá pela justiça de Iguatemi.

SIGA-NOS NO Google News