Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 28 de Novembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

PF ouve quatro funcionários do BC em Fortaleza

Olga Bardawil/ABr - 18 de abril de 2006 - 18:25

Quatro funcionários do Banco Central prestaram depoimento hoje (18). Foi o que informou o delegado da Polícia Federal, Paulo Sidney Leite de Oliveira. Ele preside o inquérito de investigação do roubo do banco, que aconteceu em agosto do ano passado em Fortaleza.

Segundo Oliveira, foram intimadas 29 pessoas, dentre elas funcionários do Banco Central e de empresas terceirizadas, incluindo vigilantes que trabalhavam no local. Por enquanto todos estão sendo ouvidos como testemunhas. Até agora, 11 suspeitos foram presos.

"Depois de tomarmos todos os depoimentos é que vamos esclarecer pontos que ainda não foram esclarecidos como a presença da empilhadeira na frente da câmera de vigilância e o fato de nenhum dispositivo de alarme ter sido disparado. Esses detalhes ainda precisam ser averiguados", explicou o delegado.

O roubo da caixa forte do Banco Central em Fortaleza foi descoberto na manhã dia 8 de agosto do ano passado quando os funcionários chegaram para o trabalho, após o fim de semana. Os assaltantes levaram R$164 milhões por um túnel escavado a partir de uma casa do outro lado da rua.

O principal suspeito Antônio Jussivan Alves dos Santos, conhecido como Alemão, continua foragido. Apenas cerca de R$17 milhões foram recuperados até agora. Cinco pessoas ligadas aos suspeitos de participar do roubo já foram seqüestradas, inclusive um irmão de Alemão. Até o momento a polícia não identificou os seqüestradores. Em São Paulo, o traficante Luis Fernando, conhecido como Fé e apontado como um dos financiadores do roubo, foi seqüestrado e morto.

SIGA-NOS NO Google News