Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 16 de Outubro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Pés dos diabéticos precisam de atenção especial, alerta cirurgião vascular

Hospital São Domingos - 26 de abril de 2020 - 11:00

Pés dos diabéticos precisam de atenção especial, alerta cirurgião vascular

O diabetes é um problema de saúde pública no Brasil e no mundo pelo grande contingente de pessoas com a doença e suas complicações. Se não controlada, ao longo do tempo, a doença pode evoluir com alterações nos nervos e na circulação dos membros inferiores, aumentando a predisposição à formação de feridas, que podem levar à amputação e até mesmo à morte. A prevenção e o acompanhamento da doença por um especialista podem evitar as complicações e garantir maior qualidade de vida aos diabéticos.

“O paciente diabético tem que ter atenção especial aos seus pés para prevenir complicações causadas por feridas, pois tem propensão a apresentá-las e a probabilidade aumenta nos casos de diabetes mal cuidado”, explica o coordenador do Serviço de Cirurgia Vascular do Hospital São Domingos, Dr. Kelston Felice. Para prevenir tais problemas, a recomendação é a consulta periódica, preferencialmente, a um cirurgião vascular, para avaliação da condição da circulação nos membros inferiores.

As alterações mais comuns nos pés dos diabéticos são: perda de sensibilidade, dificuldade para caminhar, ressecamento e deformidades. Ao sentir algum destes sinais, a pessoa deve procurar imediatamente um médico para a avaliação e diagnóstico.

De acordo com Dr. Kelston Felice, o problema maior para o diabético é o ferimento, que pode levar à amputação e até a riscos à vida. “Há situações em que o paciente apresenta ferimentos que infeccionam e isto, em conjunto com a alteração da circulação, pode evoluir muito rapidamente e até se generalizar pelo organismo, trazendo risco à vida. É isto que precisamos evitar”, complementa.

O médico afirma que nem todo diabético vai ter esse problema, mas é importante que faça o tratamento adequado do diabetes e tome os cuidados necessários para evitar ferimentos nos pés. Além disso, é conveniente acompanhamento médico regular, o que pode lhe proporcionar vida normal.

Com relação à faixa etária, o cirurgião vascular diz que as complicações nos pés podem ocorrer em qualquer faixa etária, mas os idosos têm maior predisposição. “Jovem com diabete mal conduzido também pode apresentar problemas nos pés, por isso, também precisa seguir as recomendações”, alerta.

Tratamento do diabetes no Hospital São Domingos
Dr. Kelston Felice alerta que feridas nos pés de diabéticos são um problema de saúde pública. Apesar de não haver estatística, ele lembra que é alta a incidência de diabetes no Maranhão. Só no Hospital São Domingos, por exemplo, semanalmente, há pelo menos dois ou três pacientes diabéticos internados com os pés em situação crítica. Com a estrutura oferecida pelo hospital para esse tipo de tratamento, os pacientes recebem a assistência adequada.

“O Hospital São Domingos tem toda a estrutura para fazer a prevenção, diagnóstico e tratamento das complicações nos pés diabéticos. Contamos com equipe multiprofissional, com clínico, endocrinologista, cardiologista e o time da cirurgia vascular, que fica de prontidão 24 horas por dia.

Todos os pacientes diabéticos atendidos no Ambulatório ou na Emergência do Hospital e que apresentam complicações têm atendimento imediato no serviço de cirurgia vascular, para o diagnóstico preciso. Algumas situações, como em caso de infecção grave, é necessário abordagem imediata e temos todas as condições para isso”, conclui Dr. Kelston Felice.

Nos casos em que é necessária a revascularização do segmento do corpo, ou seja, fazer retornar a circulação, o HSD também tem todos os recursos, tanto para fazer o tratamento endovascular (angioplastias) quanto os convencionais (pontes de safena ou prótese) para melhorar a circulação. O Hospital também conta com toda a gama de curativos especiais à vácuo e com câmera hiperbárica para dar total suporte no tratamento.

SIGA-NOS NO Google News