Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 13 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Opinião da imprensa internacional sobre o jogo do Brasil

Paulo Fernandes/Campo Grande News - 13 de junho de 2006 - 20:02

A imprensa estrangeira não se animou com a vitória do Brasil na estréia da seleção na Copa do Mundo da Alemanha 2006. O Brasil venceu da Croácia hoje por 1 a 0, no Estádio Olímpico, em Berlim. A BBC noticiou que o Brasil conseguiu uma “vitória apertada na estréia”, com um ataque que não conseguiu se desvencilhar da marcação adversária.

Na versão online do jornal, também está uma critica à atuação apática de Ronaldo. “Lento e apático, Ronaldo só fez uma jogada de perigo em todo jogo, num tiro forte de longe, quase surpreendendo o goleiro Pletikosa”.

O jornal O Clarín, na versão via internet, fez elogios a seleção do Brasil, mas como bom representante da Argentina, não deixou de ironizar por diversas vezes a vitória magra. Ironizou também, a exemplo de outros jornais eletrônicos, o jogador Ronaldo. Dessa vez, atacando diretamente o assunto que mais tem incomodado o craque. “Parreira sacó a un peso pesado, Ronaldo, y metió a un peso mosca, Robinho”.

Todos os jornais, no entanto, concordam em uma coisa: Kaká fez um golaço. Em Portugal, no jornal A Bola Online, o mair daquele País na área esportiva, o gol de Kaká foi destaque, mas a atuação da seleção brasileira foi considerada fraca.

Para os portugueses, a seleção “canarinha esteve longe de encantar e passou por momentos de sufoco”. “O Brasil cumpre o serviço mínimo, suficiente até para estabelecer novo recorde de vitórias consecutivas em Mundiais (oito), mas não encantou. Como será no próximo jogo, ante a Austrália, no próximo domingo?”, pergunta o diário.

Samba fora de ritmo – O jornal AS, da Espanha, disse que faltou ritmo para a seleção. Fazendo analogia ao carnaval carioca, o jornal disse que, sem ritmo, a seleção brasileira mostrou apenas um pouco do verdadeiro potencial e que o futebol do Brasil esteve longe de ser a arrebatador e mágico como esperado por eles. O jornal também creditou a vitória do Brasil ao jogador Kaká.

SIGA-NOS NO Google News