Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 23 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

MS vai apresentar sua proposta para certificação

Agência Popular - 16 de agosto de 2003 - 06:21

Mato Grosso do Sul vai apresentar sua proposta para exame de certificação dos professores do ensino fundamental, que o MEC vai aplicar no início do ano que vem. No dia 27 de agosto, a Secretaria de Estado de Educação realiza, no Centro de Educação Profissional Ezequiel Ferreira Lima, um encontro para discutir e colher sugestões para a avaliação.
Com a presença de um técnico da Secretaria Nacional de Educação Infantil e Fundamental do MEC, o evento vai reunir 140 pessoas, entre representantes da secretaria, instituições de ensino superior, entidades de classe e professores das redes estadual, municipal e particular.
O ministério está se empenhando para que a formulação desse exame tenha o máximo de transparência e participação de profissionais e instituições. Eventos semelhantes vão acontecer em todos os estados do país.
Os participantes do encontro vão contribuir para a formulação das chamadas matrizes de referência geral, que são temas relacionados a políticas sociais, matemática e ciências naturais sociais, com base nos quais serão elaboradas as questões do exame.
“A gente espera ter consolidadas nesse encontro as 77 propostas dos municípios”, diz a superintendente de políticas de educação, Onilda Ouríveis. O encontro também terá a tarefa de escolher as 14 pessoas que vão representar Mato Grosso do Sul no encontro nacional, no mês de setembro, em Brasília, ocasião em que acontecerá o fechamento da proposta do exame.
O exame de certificação será obrigatório somente para acadêmicos do último ano dos cursos de licenciatura. Para os profissionais que estão em exercício é opcional.
Segundo Onilda Ouríveis, as questões do exame vão exigir do profissional somente “aquilo que ele foi habilitado a exercer como professor.” Os professores de 1ª a 4ª séries que passarem na prova receberão do MEC uma bolsa em dinheiro como incentivo para continuarem estudando.
Num levantamento feito pelo MEC em maio deste ano, entre os professores do ensino fundamental, 80,9% entrevistados solicitaram programas de formação continuada. A partir disso, o ministério propôs o programa Toda Criança Aprendendo. Dentro dele há várias políticas para elevar a qualidade do ensino fundamental e uma delas é o Exame de Certificação.

Anderson Carvalho - SED

SIGA-NOS NO Google News