Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 1 de Dezembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Maksoud continua no CTI e respira com ajuda de aparelhos

Aline dos Santos/Campo Grande News - 06 de abril de 2006 - 18:34

O advogado criminalista Willian Maksoud, que foi vítima de tentativa de homicídio ontem, permanece no CTI (Centro de Tratamento Intensivo) e respira com ajuda de aparelhos.
No boletim divulgado pela Santa Casa, o médico da família, o secretário municipal de Saúde, Luiz Henrique Mandetta, informa que o advogado está sedado, com cuidados hemodinâmicos (referentes ao sangue) e de função renal intensivos. O quadro neurológico permanece sem alteração.
O criminalista passou por duas cirurgias para retirada de dois projéteis (uma bala perfurou o pulmão esquerdo e outra atingiu a primeira vértebra do tórax); um ainda está alojado em seu corpo. Os disparos acertaram o ombro e o antebraço.
Ontem, Mandetta explicou que há a possibilidade de paralisia, Maksoud não apresentava sensibilidade na parte inferior do corpo, abaixo dos mamilos.
O advogado estava em seu escritório quando dois homens se apresentaram como clientes. Um deles invadiu a sala e efetuou os disparos.
O criminalista é conhecido por atuar em crimes que ganharam projeção, como o Caso Motel, onde fez a defesa da dona da boate Marisa’s American Bar, local em que trabalhava Eliane Ortiz, encontrada morta, junto com Murilo Alcalde, num quarto de motel no dia 21 de junho.

SIGA-NOS NO Google News