Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quinta, 11 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Leia Amplavisão, por Manoel Afonso

Manoel Afonso - 13 de abril de 2006 - 11:16

GAROTINHO. Mais uma vez na capital. Animado com os números das pesquisas, tentou mostrar que sua candidatura é viável. Mas sua fala evangélica estigmatiza seu nome junto aos formadores de opinião. Pastor político?

ENCRUZILHADA. Ele ainda não decidiu: funda uma igreja, compra uma TV ou se declara apenas político. Esse papo de “homem de Deus” e que vai governar com a bíblia na mão é demagógica, irreal. Na cola mais!

MOKA. Ganhou a liderança do PMDB, mas não levou!. Precisa aceitar: o partido mudou, mas para pior. Se não bastasse o mando do Sarney, Quércia quer tirar Itamar do sarcófago para combater o Garotinho. Loucuras.

PRECAVIDO. Amarildo Cruz já cuida da sua estrutura de campanha. Seu cacife: as 40 mil casas que construiu. Ainda tem apôio na Secretária de Fazenda, onde é ATE.

ELEIÇÕES representam oportunidade de trabalho aos profissionais de comunicação. A produção de notícias aliada à uma assessoria competente pode (eu disse pode) melhorar o desempenho do candidato.

PARANAÍBA. Ele já foi sub chefe da Casa Civil, prefeito e deputado. Agora o advogado Daladier Agi (PFL) costura sua volta à Assembléia. Seu maior concorrente local é Titã, também advogado e ex-prefeito.

ARNALDO JABOR: ...hoje temos a maneira petista de mentir, que muito enriqueceu esse torto sentimento. Mentira para eles é uma tarefa revolucionária, apenas uma necessidade da ação e luta. Mentir é um dever, quase uma honra...”

NO AR a velha questão: funcionalismo público decide eleição? Zeca quer ficar de bem da classe para ser recompensado mais tarde nas urnas. Moral da história: dane-se o resto. O que vale é pagar em dia.

INTERIOR. Na Assembléia falei com a prefeita Marieta, de Angélica. Partidária da tese de que sem obra não se ganha eleição, diz que na região faltaram investimentos do Governo do Estado e que André é favorito.

OPINIÕES. No saguão da Assembléia desfilam sábios, saberetas e filósofos de toda espécie e credos. Uma legião de analistas. E se o assunto é eleições, lembram o salto alto de Pedrossian e o favoritismo de Levy.

INEVITÁVEL o reconhecimento do favoritismo atual de André sobre Delcídio, mas todos falam da diferença de estilo. A maleabilidade do último é sempre ressaltada, contrapondo-se ao jeito italiano do primeiro.

ZECA & ODILON. Esse embate motivou comentários no saguão da Assembléia, quando alguém lembrou: “o Juiz vai se aposentar só daqui 13 anos, enquanto Zeca ficará sem mandato. É aí que mora o perigo!”

TAPAS & BEIJOS. Tempestuosa a relação entre Zeca e Antônio João O último round: a chance de o jornalista assumir o Senado. Impressionante como o Delcídio administra essas divergências. Estômago de ema!

FACADA. São as coincidências da vida, como diria o poeta. A Enersul nunca fez tanta propaganda por aí enquanto se discutia o absurdo aumento da tarifa de energia. Claro, quem vai pagar essa conta é o consumidor.

DO LEITOR: “...será que é obrigatória a ligação à rede de esgoto? E essa taxa cobrada é legal? Esse pessoal do Frigorífico Bertin, dono da empresa, acostumada com os pecuaristas que só dizem sim, não veio para brincar.”

O CONSUMIDOR está de orelha em pé com essa taxa, pois quem vai lucrar com o esgoto é a “Águas Guariroba”. Ora! Se ela quer ganhar com o serviço, que faça a ligação. Resistir e recorrer à Justiça é o caminho.

GABEIRA. Ao propor a criação de território pantaneiro com municípios daqui e do MT, ocupa espaço na mídia. Estou esperando uma resposta dos ilustres deputados federais sobre isso. Como se diz: brincadeira tem hora.

PEDRO KEMP. Sua reeleição é difícil com a candidatura do Mineiro. Os escândalos do Planalto e o projeto de aposentadoria de Zeca tiraram-lhe o ânimo na tribuna. Anda chateado. Não é mais o mesmo.

ZÉ TEIXEIRA. Animado com a repercussão da Ação Popular que ingressou contra arrematação de bens da Agrossul em Dourados. Organizado, enviou-me cópia da petição inicial. É de arrepiar.

CÍCERO. O ex-deputado e atual Conselheiro do TC continua um bom papo. Para ele o reflorestamento será um grande negócio e lembra: em 5 anos as reservas de Água Clara poderão ter chegado ao fim.

ORRO. Na Assembléia dizem que ele nem está fazendo campanha para reeleição. Essa postura indica que seria o nome do PDT para ser companheiro de chapa de André. Raul Freixes é quem está adorando isso.

PONTO FINAL. O episódio de Santa Rita do Pardo retrata bem o nível dos políticos, de Brasília aos grotões. Tem muito mais vereadores por aí chantageando e fazendo prefeito refém .Pena: não são flagrados.


Coluna de responsabilidade de Manoel Afonso/TV Record

SIGA-NOS NO Google News