Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 29 de Novembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Governo quer sanar déficit de leitos de UTI até 2004

Agência Brasil - 22 de julho de 2003 - 16:16

O governo federal pretende sanar o problema do déficit de unidades de terapia intensiva (UTI) no país até o final do ano que vem. Segundo o ministro da Saúde, Humberto Costa, até a metade de 2004, o déficit do número de leitos de UTI apresentará uma redução significativa. O Ministério da Saúde vai credenciar 2.233 leitos de UTI no primeiro semestre de 2204. Para custeio dos novos leitos, serão aplicados R$ 51,31 milhões, em 2003, e R$ 105,72 milhões, em 2004. Com esse aporte, o número de leitos no Sistema Único de Saúde (SUS) subirá de 14.036 para 16.269, representando uma redução do déficit no sistema público de 3.662 para 1.418.
“Estamos credenciando todos os leitos de UTI para os quais havia pedidos no ministério. A segunda etapa, agora, é procurar naqueles estados, naquelas regiões onde o déficit permanece, construir novos leitos, equipá-los e credenciá-los,” disse o ministro, que participou na capital paulista da cerimônia de adesão do município e do estado de São Paulo à Gestão Plena de Saúde. Com a integração no atendimento em todos os hospitais públicos de São Paulo, os recursos destinados ao estado e ao município terão um incremento de R$ 137 milhões por ano. Na ocasião, Costa assinou também portaria que cadastra 306 leitos de UTI em 30 hospitais do estado. Para custeio desse atendimento, o governo federal repassará mensalmente R$ 1,04 milhão.(Elisângela Cordeiro)

SIGA-NOS NO Google News