Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Segunda, 15 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Correios vai implantar coleta de lâmpadas tóxicas

05 de junho de 2006 - 15:40


A partir de um projeto-piloto na regional de Goiás, os Correios vão disseminar a prática da coleta seletiva de lâmpadas fluorescentes e de vapor de mercúrio, que geram lixo tóxico. Após serem recolhidas, o vapor é aspirado do interior das lâmpadas e reaproveitado, bem como o vidro das mesmas, livres do elemento tóxico. Caso não sejam recolhidas, essas lâmpadas em geral vão para os aterros sanitários. O mercúrio é nocivo aos seres vivos e muito prejudicial para a saúde humana, causando efeitos desastrosos no sistema nernovo.

Para que esta ação tivesse início, foram realizadas palestras de conscientização dos empregados, especialmente os eletricistas que fazem as trocas das lâmpadas, para que o manuseio e armazenamento seja realizado com o cuidado necessário. Para o descate foi disponibilizado um container de ferro para guardas das lâmpadas queimadas. Ele contém carvão ativado que descontamina o ambiente no caso de algum vasamento.

Com essa experiência na regional de Goás, a ECT espera gradavimamente implantar o projeto nos outros estados. De acordo com o diretor regional dos Correios, João Rocha, a preocupação com a questão ambiental está sendo colocada hoje de forma mais consistente dentro da empresa. “A questão ambiental está sendo incorporada pelos Correios, que dentro da filosofia da Responsabilidade Social deve ser uma preocupação constante dentro da empresa, em todos os níveis. Sabemos o quanto é importante que as empresas tenham isso como preocupação, pois afeta a todos. Aqui em MS também temos feito isso, como o apoio ao projeto de recuperação de mata ciliar em Caarapó e a reciclagem dos uniformes dos carteiros, que antes eram incinerados, e agora são usados nos cursos de Corte e Costura Industrial e Serigrafia da Cidade dos Meninos”.


SIGA-NOS NO Google News