Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Quarta, 22 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Confronto entre policiais e traficantes pára trens no RJ

Agência Brasil - 06 de março de 2009 - 12:55

Rio - A guerra do tráfico de drogas no Rio de Janeiro alterou hoje (6), mais uma vez, a rotina dos cariocas. De manhã, policiais que realizaram uma operação em quatro comunidades de Bangu, na zona oeste da cidade, foram recebidos a tiros por traficantes. Os trens do ramal Santa Cruz deixaram de circular em três estações da região por causa do confronto entre policiais e traficantes. Durante a troca de tiros, um trem que passava pela estação de Senador Camará teve a rede elétrica atingida.

A professora Janaína Araújo estava no trem, na estação de Senador Camará, e disse que viveu momentos de pavor por causa do tiroteio, que durou cerca de 30 minutos. De acordo com a professora, ela e outros passageiros saíram do trem que era alvo dos traficantes e foram para outro,já lotado, a fim de escapar dos tiros. Alguns passageiros correram pela linha.

“Muita gente estava espremida, com medo de ir para o lado de fora, mas conseguiu abrir a porta do trem e todos começaram a se jogar. Havia uma passagem muita estreita dos trilhos para a favela e as pessoas, por causa do desespero com o barulho de fuzis, entravam sem saber onde sairiam”.

A Supervia - empresa que administra a linha férrea - informou que os técnicos vistoriaram o local e constataram que a rede aérea que alimenta os trens foi danificada. Na operação, um suposto traficante morreu e foram apreendidos um fuzil e um radiotransmissor. A Polícia Militar continua ocupando as favelas.

A empresa informou ainda que a circulação deve ser normalizada até o fim da tarde. Os trens do ramal Santa Cruz estão circulando da Estação Central do Brasil a Bangu, nos dois sentidos.



SIGA-NOS NO Google News