Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Domingo, 26 de Setembro de 2021
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

CNBB repudia estupro de menina de nove anos, mas

Sabrina Craide, ABr - 07 de março de 2009 - 16:10

Brasília - A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) repudiou o estupro da menina de nove anos por seu padrasto, no interior de Pernambuco, que resultou em uma gravidez de gêmeos, e defendeu a rigorosa apuração dos fatos. “Repudiamos veementemente este ato insano e defendemos a rigorosa apuração dos fatos, e que o culpado seja devidamente punido, de acordo com a Justiça”, afirma a entidade em nota assinada pelo presidente Dom Geraldo Lyrio Rocha.

Apesar de lamentar que este não seja um caso isolado e dizer que se preocupa com o crescente número de atentados a crianças, a CNBB diz que se coloca sempre a favor da vida. “A Igreja, em fidelidade ao Evangelho, se coloca sempre a favor da vida, numa condenação inequívoca de toda violência que fere a dignidade da pessoa humana”. A menina teve a gravidez interrompida, o que gerou polêmica com a Igreja Católica, que chegou a excomungar os envolvidos no aborto.

A nota da CNBB também reafirma uma manifestação dos bispos da Regional Nordeste 2, que discordam do desfecho de “eliminar a vida de seres humanos indefesos.Diante da complexidade do caso, lamentamos que não tenha sido enfrentado com a serenidade, tranqüilidade e o tempo necessário que a situação exigia”, afirmam os bispos.



SIGA-NOS NO Google News