Cassilândia Notícias

Cassilândia Notícias
Cassilândia, Sábado, 13 de Agosto de 2022
Envie sua matéria (67) 99266-0985

Geral

Agentes penitenciários recusam-se a voltar ao trabalho

Inara Silva e Aline Queiroz / Campo Grande News - 15 de maio de 2006 - 13:49

Após assembléia geral da categoria, os agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul resolveram que não vão retornar ao trabalho até que as unidades penais sejam reformadas. Em carta distribuída à imprensa pelo Sindicato dos Agentes Penitenciários, os presídios foram destruídos pelos presos rebelados e não haverá condições de trabalho. Eles pedem a transferência de presos e reforma nas unidades.
Outra questão levantada pelos agentes é a falta de efetivo para cuidar dos presos no Estado. Conforme a nota, o sistema penitenciário sofre com o déficit de 70% de agentes. Atualmente, o sistema dispõe de 1,3 mil agentes para atender cerca de 6 mil internos.
Em Campo Grande, três agentes penitenciários ficaram reféns dos detentos no Estabelecimento Penal de Segurança Máxima. O presidente do sindicato, Fernando da Anunciação, criticou a ação da Segurança Pública por não ter neutralizado o poder de liderança dos presos e evitado a rebelião.

SIGA-NOS NO Google News