Cassilândia, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

Últimas Notícias

26/01/2010 16:25

Zelaya pode deixar amanhã Embaixada do Brasil em Honduras

Renata Giraldi, Agência Brasil

Brasília - Há quatro meses abrigado na Embaixada do Brasil em Tegucigalpa, capital hondurenha, o presidente deposto de Honduras, Manuel Zelaya, prepara-se para deixar a sede da representação brasileira amanhã (27) rumo a Santo Domingo, capital da República Dominicana. Amanhã (27) toma posse o presidente eleito hondurenho, Porfírio “Pepe” Lobo. Um acordo entre “Pepe” Lobo e o presidente da República Dominicana, Leonel Fernández, deve permitir a saída de Zelaya.

Porém, as autoridades hondurenhas mantêm em segredo os detalhes sobre o acordo e a possível saída de Zelaya da embaixada. Os negociadores brasileiros acompanham a distância as articulações. O governo do Brasil não foi informado oficialmente sobre o acordo e a eventual saída do presidente deposto de sua representação. A ideia é que Zelaya e sua mulher sejam retirados da embaixada em um helicóptero e na companhia de Fernández. O casal é considerado “hóspede” do governo brasileiro, assim como os correligionários de Zelaya.

A interlocutores, Zelaya sinalizou que ficará apenas um período em Santo Domingo. O objetivo, segundo ele, é aguardar que “Pepe” Lobo estabeleça nos próximo dias um “acordo de reconciliação nacional”. Com isso, Zelaya poderia retornar a Honduras livre de riscos e de ameaças de opositores.

Na tarde de hoje (26) os congressistas hondurenhos debatem o conteúdo do decreto de anistia. O objetivo é perdoar todos os envolvidos no golpe de Estado – de 28 de junho de 2009 – que depôs Zelaya. Na ocasião, setores do Congresso Nacional, da Suprema Corte e das Forças Armadas coordenaram a ação e o então chefe do Legislativo, Roberto Micheletti, assumiu a presidência do país.

O governo brasileiro rechaçou o golpe, não reconhece o comando de Micheletti nem legitima a eleição de “Pepe” Lobo. Para o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e seus assessores, Zelaya teria de ser reconduzido ao poder e transmitir o cargo a “Pepe” Lobo. As autoridades brasileiras também levantam dúvidas sobre o ambiente político em que foram realizadas as eleições de novembro – quando “Pepe” Lobo saiu vitorioso.

Hoje (26) a Anistia Internacional apelou ao presidente eleito para que investigue os abusos cometidos durante o golpe de Estado. De acordo com o organismo, houve violência sexual contra crianças e mulheres, espancamentos e ameaças de intimidação a autoridades

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Quinta, 17 de Agosto de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 16 de Agosto de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)