Cassilândia, Sábado, 19 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

12/11/2003 15:10

Zeca pede aos pais que não dêem armas de brinquedo

João Prestes - APn

O governador Zeca do PT fez um apelo aos pais durante o lançamento da campanha Natal em Paz, que objetiva a troca de armas de fogo por cestas básicas. “Ao invés de dar um revólver de brinquedo ao seu filho, dê um tênis, uma bicicleta, um livro. Vamos estancar a cultura da violência, do machismo e da valentia, e encontrar alternativas saudáveis para presentear um ente tão querido como o filho da gente.”

A solenidade de lançamento da campanha Natal em Paz aconteceu no auditório da Governadoria, às 9 horas, com as presenças do presidente da Assembléia Legislativa, Londres Machado; presidente do Tribunal de Justiça, Rubens Bossay; procurador-chefe do Ministério Público Estadual, Sérgio Morelli; secretários de Coordenação Geral de Governo, Paulo Duarte e de Justiça e Segurança Pública, Dagoberto Nogueira Filho; presidente do Cogeps (Conselho Estadual de Gestão das Políticas Sociais), Gilda Maria Gomes dos Santos, do representante da Editora Abril em Mato Grosso do Sul, Josimar Ferreira dos Santos, entre outras autoridades.

Em parceria com a Editora Abril, foi lançada simultaneamente uma campanha visando a troca de armas de brinquedo por livros infantis. Os estudantes Aline da Silva Carvalho, Elivelton Pereira e Franciel Paulino estrearam a campanha entregando suas armas de brinquedo e recebendo gibis das mãos do governador Zeca do PT, da professora Gilda dos Santos e do secretário Dagoberto Nogueira Filho.

Abrangente – Enfatizando a importância do gesto, o governador Zeca do PT determinou que todas as escolas da rede estadual de ensino encampem a idéia e divulguem a campanha. O governador sugeriu ainda que oficiais da Polícia Militar e delegados da Polícia Civil percorram as escolas explicando para os estudantes os riscos de se possuir armas de fogo em casa, a fim de que as crianças convençam os pais a efetuarem a troca.

“Apelo também às igrejas, às entidades, sindicatos e instituições em geral. Quem puder fazer alguma coisa que faça. Precisamos incentivar e preservar a paz a fim de construirmos um Estado cada vez maior, mais importante e que vai nos orgulhar muito.” Zeca ressaltou que Mato Grosso do Sul, comparado a Estados da região Sudeste, vive um clima de tranqüilidade, e creditou essa situação à ação firme da Secretaria de Justiça e Segurança Pública, à postura e compromisso profissional de cada membro dos órgãos de segurança do Estado.

“O povo paulistano é vítima do medo, da violência do crime organizado. Graças à atuação das nossas polícias e também do Corpo de Bombeiros, aqui a realidade é outra.” O desarmamento da população tem como meta evitar acidentes domésticos e reações violentas que levam a pessoa a atentar contra a vida do semelhante diante de qualquer provocação. Essas ocorrências aumentam significativamente nos períodos de festas, como fim de ano e junho/julho, quando ocorrem os festejos juninos.

A campanha Natal em Paz começou hoje e estende-se até o dia 15 de dezembro. Nesse período, todos os quartéis da Polícia Militar e delegacias da Polícia Civil do Estado farão a troca das armas de fogo por cupons que podem ser trocados por cestas natalinas, entre 15 e 18 de dezembro. A campanha infantil não tem prazo para terminar, deve perdurar até meados do ano que vem e será encerrada com um grande show musical no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande, onde as armas de brinquedo recolhidas serão destruídas.


Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 18 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
06:40
Libertadores da América
Quinta, 17 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)