Cassilândia, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

Últimas Notícias

03/05/2016 07:15

WhatsApp recorre de decisão que bloqueou aplicativo para 100 milhões de usuários

Campo Grande News

O WhatsApp entrou com recurso no começo da noite desta segunda-feira (2) para suspender a decisão que ordenou o bloqueio do aplicativo no Brasil por 72 horas. A informação é do portal UOL.

Conforme nota enviada à tarde pela empresa de troca de mensagens, o bloqueio do serviço atinge 100 milhões de brasileiros que são usuários do WhatsApp para comunicação pessoal e negócios.

"Depois de cooperar com toda a extensão de nossa capacidade com os tribunais brasileiros, estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu, mais uma vez, ordenar o bloqueio de WhatsApp no Brasil", diz a nota. Ainda segundo a empresa, as informações pedidas pela Justiça não estão em poder dela, e por isso, não há como disponibilizá-la.

A determinação foi feita pelo juiz da Vara Criminal de Lagarto (SE), Marcel Maia Montalvão, e entrou em vigor nesta segunda-feira (2) a partir das 13h, no horário de Mato Grosso do Sul.

O juiz atendeu pedido feito pela PF (Polícia Federal), com aprovação do Ministério Público sergipano, que impetrou a ação após outra decisão para quebra de sigilo para fins de investigação criminal sobre crime organizado de tráfico de drogas não ser cumprida.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 05 de Dezembro de 2016
21:32
Loteria
13:15
Cassilândia
09:00
Maternidade
Domingo, 04 de Dezembro de 2016
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)