Cassilândia, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/01/2007 14:20

Veja, na íntegra, as reivindicações dos servidores de MS

Graciliano Rocha/Campo Grande News

Após reunião conjunta nesta quarta-feira, os sindicatos que representam os mais de 50 mil servidores de Mato Grosso do Sul elaboraram uma pauta de reivindicações que já foi protocolada na Secretaria de Estado de Governo. As principais são o pagamento integral dos salários de dezembro, e antes do pagamento da folha de janeiro, estabelecimento de um calendário de pagamentos dos servidores para 2007 e recusa de qualquer possibilidade de parcelamento de salários. Veja a íntegra do documento:

Campo Grande, 10 de janeiro de 2007.

Exmo. Sr. Governador,
André Puccinelli

O Estado de Mato Grosso do Sul tem hoje, aproximadamente, 54 mil servidores, que dedicam suas vidas ao serviço público com o objetivo de garantir à sociedade sul-mato-grossense educação, saúde, segurança e demais serviços que possibilitem melhores condições de vida à população.

São servidores que vivem do seu trabalho e não possuem uma outra fonte de renda. E, é com o salário, fruto do seu trabalho que custeiam despesas com alimentação, moradia, transporte, saúde, pagamento de água, luz, telefone e outras despesas vitais para a sobrevivência sua e de suas famílias.

Sendo assim, não receber o pagamento de um mês trabalhado afeta profundamente a vida de cada servidor público, porque é com esse dinheiro que ele paga suas contas no final do mês. Ainda mais, o mês de dezembro, que é o salário utilizado pelo conjunto dos (as) trabalhadores (as) para o pagamento das chamadas “despesas extras”: IPVA, IPTU, material escolar, dentre outras. O mês de dezembro traz mais um agravante para os (as) trabalhadores (as) da educação, porque é o mês que recebem 1/3 de adicional de férias, tão esperado durante todo o ano de trabalho.

O nosso Estado tem uma longa história de não pagamento dos últimos meses de salários dos servidores no final dos governos e de dificuldade para recebê-los dos novos governos. Os servidores não contavam mais com a possibilidade desta prática tão nefasta, pois pensavam que já estava superada esta prática amoral e indigna por parte de governantes sérios.

Os Sindicatos dos Servidores Públicos Estaduais e entidades representativas de diversas categorias do Estado de Mato Grosso do Sul, reunidos, no dia 10 de janeiro de 2007, às 10 horas, na sede da FETEMS – Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul, para discutirem o atraso do pagamento dos salários dos servidores ativos, aposentados e pensionistas, relativos ao mês de dezembro/2006, por parte do Governo do Estado, lamentam profundamente esse tipo de comportamento dos administradores públicos, e que isso esteja ocorrendo novamente, porque deixa os trabalhadores à mercê da vontade política dos gestores, quando o servidor público é um trabalhador do Estado e não deste ou daquele governador.

Sendo assim, as entidades reivindicam que o Governo:

1. inicie o diálogo com os servidores – audiência imediata;

2. não utiliza os servidores ativos, aposentados e pensionistas para fazer debate político;

3. defina uma data para o pagamento do mês de dezembro;

4. apresente um calendário de pagamento para 2007;

E reafirmam que:

1. não aceitam o atraso dos salários dos servidores;

2. são contrárias ao parcelamento do salários do mês de dezembro;

3. não aceitam o pagamento do mês de janeiro, antes do pagamento do mês de dezembro.

Os servidores públicos, como qualquer outro trabalhador, têm o direito de receber seus salários em dia.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)