Cassilândia, Terça-feira, 29 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

10/11/2003 14:47

Varas federais serão instaladas gradativamente

Chico Dias/STJ

presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Nilson Naves, disse que as 183 varas federais, recentemente aprovadas pelo Congresso Nacional e esperando a sanção do presidente da República, serão implantadas gradativamente e sem onerar o orçamento da União.

Em entrevista coletiva na cidade gaúcha de Caxias do Sul (RS), onde fez o enceramento do III Congresso Nacional de Direito, o ministro explicou: "As novas varas serão implantadas num prazo de três anos. Pretendemos ainda este ano instalar mais de quarenta. Não sei se o tempo vai dar. Mas temos disposição e orçamento para isso. No próximo ano continuaremos a instalar outras e no ano seguinte as restantes".

Quanto aos servidores, o ministro explicou que serão distribuídos num prazo de seis anos. Mas para este ano e o próximo, as varas serão instaladas já com funcionários com cargos determinados. E prosseguiu: "Com isso, essas varas atenderão também aos juizados especiais, suprindo as áreas que não tem cargos de servidores".

O ministro destacou que isso vai representar muito para a Justiça Federal, acrescentando: "É uma prova de que nós, do Judiciário, podemos resolver os nossos problemas, desde que possamos contar com a ajuda dos outros dois poderes. Primeiro porque não fazemos as leis, nós as aplicamos. Quem as faz é o Legislativo. E quem tem as dotações orçamentárias, quem tem a chave do cofre, é o Poder Executivo. Então precisamos contar com a boa vontade deles". E Naves prosseguiu: "Se houver essa boa vontade, poderemos reformar o Judiciário.

Que precisa, sem dúvida, de uma reforma. O grande problema do Judiciário ainda é a lentidão. Nós precisamos diminuir essa lentidão. Eliminá-la de uma vez por todas, isso não se consegue. Mas nós poderemos minimizar esse quadro, com a criação dessas novas varas. Isso com relação à Justiça Federal. Em relação à Justiça como um todo, é preciso que sejam dados outros passos".

Para o presidente do STJ a reforma do Poder Judiciário deve ser feita aproveitando-se a matéria que existe no Congresso Nacional, tramitando há onze anos. Naves concorda com a criação de um conselho nacional da magistratura, mas acha que o novo órgão deve ser integrado só por membros do Poder Judiciário, à semelhança do Conselho da Justiça Federal. Para ele, é necessária a criação de uma corte constitucional, explicando : "Sem essa corte será difícil dar uma perfeita configuração ao Judiciário brasileiro". Enquanto isso não acontecer, prega a necessidade de uma melhor definição das competências das instâncias superiores.

Quanto a discussão no Congresso do Estatuto da Magistratura, o ministro foi categórico: " O Superior Tribunal de Justiça acha que o momento não é próprio para que o Congresso discuta esse estatuto. Porque nós estamos na dependência e na espera de uma reforma do Poder Judiciário. Uma reforma, ainda que pequena, vai alterar o estatuto. Então o momento não é próprio para essa discussão. No momento o que nós precisamos é levar à frente o projeto da reforma".

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 28 de Setembro de 2020
10:08
Campo Grande
Domingo, 27 de Setembro de 2020
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)