Cassilândia, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

Últimas Notícias

10/02/2004 16:04

Vantuil Abdala é o novo pesidente do TST

TST

O novo presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro Vantuil Abdala, espera a promulgação urgente de pontos da reforma do Judiciário que considera prioritários para a Justiça do Trabalho: a criação do Conselho Superior da Justiça do Trabalho e da Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento dos Magistrados do Trabalho. O ministro foi eleito hoje para um mandato de dois anos e vai tomar posse no dia 14 de abril.

Para ele, a Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento dos Magistrados do Trabalho deverá funcionar nos moldes da Escola da Magistratura da França, onde o candidato, depois de aprovado num rigoroso exame de seleção, passa por um período de estágio, adaptação e aprendizado, antes de se tornar juiz. “Não há lei boa sem bons aplicadores. É um despropósito que um garoto recém-saído da faculdade, sem nenhuma experiência de vida, assuma, de imediato, o exercício da magistratura e passe a decidir a vida das pessoas”, afirmou o ministro.

Na opinião de Vantuil Abdala, a morosidade é o maior problema do Judiciário brasileiro. “Creio que há solução para este problema, basta que haja vontade política. Para tanto, é fundamental a mudança nos códigos de processo. O número de recursos existentes na legislação brasileira é algo que impressiona a qualquer estrangeiro que tome conhecimento do nosso sistema”, reconheceu. Por isso, a celeridade na prestação jurisdicional e a uniformização da jurisprudência estão entre suas principais metas à frente do TST.

Natural de Muzambinho (MG), o futuro presidente do TST tem 61 anos e é formado pela Faculdade de Direito da Universidade Federal de Minas Gerais, onde também fez doutorado. Foi professor da Faculdade de Direito de Sete Lagoas (MG) e da Pontifícia Universidade Católica (PUC), de São Paulo. Ingressou na Justiça do Trabalho da 2ª Região (São Paulo), como juiz substituto, em 1973. Em 1986, assumiu cadeira de juiz togado junto ao Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo (2ª Região), de onde saiu para assumir cargo de ministro do TST em abril de 1991.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Sexta, 15 de Dezembro de 2017
10:00
Receita do dia
Quinta, 14 de Dezembro de 2017
21:14
Loteria
10:00
Receita do dia
Quarta, 13 de Dezembro de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)