Cassilândia, Terça-feira, 22 de Setembro de 2020

Últimas Notícias

21/10/2003 15:17

Valor da causa cria divergências nos Juizados Especiais

Raquel Sacheto/STJ

As divergências geradas pelo valor da causa a ser transformada em ação nos Juizados Especiais Federais foram assunto de destaque no segundo dia do Congresso Nacional dos Juizados Federais em realização no Conselho da Justiça Federal (CJF), em Brasília. O tema foi abordado pela juíza federal Vivian Josete Pantaleão Caminha, da Turma Recursal do Rio Grande do Sul, e pelo juiz federal Nilson Martins Lopes Júnior, da Seção Judiciária de São Paulo.

Segundo os juízes, as divergências surgem devido à delimitação de competência imposta pela Lei 10.259, pela qual o valor das causas não pode ultrapassar 60 salários mínimos. Ocorre, no entanto, que grande parte das ações ajuizadas dependem de cálculos posteriores ao proferimento da sentença para o correto conhecimento de seu valor.

"A parte, muitas vezes, não tem a opção de ajuizar sua ação nas varas comuns e não podemos obrigá-la a renunciar a totalidade do valor devido para atender ao limite dos 60 salários mínimos", esclarece Lopes Júnior. Vivian e Lopes Júnior são favoráveis ao pagamento de valores superiores em casos como esses. "Trata-se de utilizar um critério pragmático, simplificado e coerente", ressalta, Vivian.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Terça, 22 de Setembro de 2020
Segunda, 21 de Setembro de 2020
11:00
Corrida/Nutrição/Fitness
09:00
Santo do Dia
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)