Cassilândia, Domingo, 25 de Junho de 2017

Últimas Notícias

13/12/2004 12:46

Universidades públicas deveriam ter cotas, diz reitor

Maristela Brunetto e Malu Prado / Campo Grande News

As universidades particulares estão recebendo uma migração de alunos das classes D e E enquanto as públicas recebem alunos das classes A e B, resumiu hoje o reitor da Uniderp, Pedro Chaves, que preside o conselho deliberativo da Associação Nacional das Universidades Particulares. Ele citou o fato para justificar que as instituições particulares têm aberto maiores oportunidades ao aderirem a cotas.
Chaves cita o Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) e a bolsa universitária do governo federal, que dão oportunidade a quem não pode pagar a mensalidade da universidade particular. Para ele, as faculdades públicas deveriam estabelecer sistemas de cotas para acesso. Em Mato Grosso do Sul, a UEMS (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul) destina vagas para negros e índios.
Com a criação do Prouni (Programa Universidade para Todos), os alunos inscritos no Fies que forem beneficiados perderão o crédito, que será repassado a outro, assim como a Bolsa Universitária. Para Chaves, haverá ampliação de alunos atendidos. Com a adesão ao programa, as instituições particulares terão desconto em impostos.
O controle dos alunos serão feito por uma comissão permanente, que avaliará se o beneficiário atingiu média de 75% de presença e aproveitamento.O programa é somente para alunos de baixa renda. Para as universidades, três notas insuficientes seguidas no Provão levam à exclusão do curso do Prouni.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Domingo, 25 de Junho de 2017
Sábado, 24 de Junho de 2017
23:07
Loteria
Sexta, 23 de Junho de 2017
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)