Cassilândia, Segunda-feira, 20 de Agosto de 2018

Últimas Notícias

06/02/2018 10:20

União deixou de repassar R$ 635,5 milhões a Mato Grosso do Sul

Correio do Estado

 

A União deixou de repassar R$ 635,5 milhões ao Governo do Estado, prefeituras e autarquias federais instaladas em Mato Grosso do Sul. O valor refere-se a recursos empenhados no Orçamento, mas que até o dia 01 de janeiro deste ano não tinham sido transferidos aos órgãos públicos.

O recurso é para obras rodoviárias, de asfaltamento e de drenagem, bem como de incremento ao turismo e ao agronegócio, entre outros.

Esse atraso ocorre porque o governo federal fez o empenho do recurso, que consiste em procedimento contábil pelo qual o gestor público assume o compromisso de repassar o dinheiro, mas não o faz, colocando-o numa rubrica chamada “restos a pagar” no ano seguinte à promessa de pagamento. Fica nessa condição até quando efetivamente ocorre o acerto de contas.

“O problema é que ao fazer o empenho, dá-se início ao processo para realizar o serviço ou obra, que pode parar ou ter o seu começo adiado por falta de repasse da União a quem for executar. Normalmente é a prefeitura ou o governo do Estado”, explicou o deputado federal Elizeu Dionizio (PSDB/MS), demonstrando preocupação com a liberação do dinheiro, uma vez que os parlamentares federais destinam emendas ao Orçamento para garantir obras em seus respectivos estados.

Essa preocupação é motivada pelo fato de a União ter um saldo devedor de R$ 635,5 milhões com entes federados de Mato Grosso do Sul, de acordo com o sistema eletrônico Siga Brasil, do Senado (que acompanha a execução orçamentária do governo federal). O valor está distribuído por 19 pastas.

Envie seu Comentário
Os comentários feitos no Cassilândia News são moderados. Antes de escrever, observe as regras e seja criterioso ao expressar sua opinião. Não serão publicados comentários nas seguintes situações:

1. Sem o remetente identificado com nome, sobrenome e e-mail válido. Codinomes não serão aceitos.
2. Que não tenham relação clara com o conteúdo noticiado.
3. Que tenham teor calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade.
4. Que tenham conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas.
5. Que contenham linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica.
6. Que transpareçam cunho comercial ou ainda que sejam pertencentes a correntes de qualquer espécie.
7. Que tenham característica de prática de spam.

O Cassilândia News não se responsabiliza pelos comentários dos internautas e se reserva o direito de, a qualquer tempo, e a seu exclusivo critério, retirar qualquer comentário que possa ser considerado contrário às regras definidas acima.
Restamcaracteres.
 
imagem transparente
Últimas notícias
Scroller Top
Segunda, 20 de Agosto de 2018
Domingo, 19 de Agosto de 2018
09:00
Santo do dia
Sábado, 18 de Agosto de 2018
09:00
Santo do dia
Sexta, 17 de Agosto de 2018
Scroller Bottom

  • Idalus Internet Solutions
  • TOP DataCenter e Internet
  • Disponível na AppStore
  • Disponível no Google Play
Rua Sebastião Leal, 845, CEP: 79.540-000, Cassilândia (MS)